Interino do Botafogo diz que o Bahia é o 'time a ser batido' na Série B

Embora o Botafogo seja líder da Série B do Campeonato Brasileiro, seu técnico interino, Jair Ventura, descarta o favoritismo na partida contra o Bahia, neste sábado, no estádio da Fonte Nova. "O Bahia é o time a ser batido", considerou Ventura em entrevista, após o treino desta sexta-feira. O clube carioca tem 27 pontos, três a mais que o tricolor baiano, quarto colocado.

Estadão Conteúdo

24 de julho de 2015 | 17h06

"São duas grandes equipes e será um jogo muito difícil contra um time que está 100% em casa. O Bahia é o time a ser batido e o Botafogo é um clube grande. Será um belo jogo. Nós fizemos uma boa semana de treinos e temos algumas estratégias. Conhecemos o time e vamos lá para buscar a vitória", definiu.

Enquanto o técnico Ricardo Gomes, recém-contratado, não assume a equipe, é papel de Ventura manter o time na primeira colocação da Série B. Para isso, aposta no sucesso de jovens da base, como o meia Fernandes e o atacante Luis Henrique. "Se é jovem e tem qualidade, você joga. A responsabilidade é nossa e não só dos garotos. Estão jogando com os outros companheiros mais experientes e temos total confiança no trabalho deles."

Nesta sexta-feira, o técnico conduziu um treino técnico e não revelou a escalação para o jogo com o Bahia. É provável que Lulinha assuma a vaga de Rodrigo Pimpão, que deixou o Botafogo recentemente - Sassá e Octávio também brigam pela vaga.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoJair Ventura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.