Interino mantém dúvida sobre esquema do Atlético-MG para final

Equipe tenta reverter desvantagem para o Grêmio na Copa do Brasil

Estadão Conteúdo

02 de dezembro de 2016 | 19h05

O técnico interino Diogo Giacomini ainda não definiu a escalação do Atlético-MG para a decisão da Copa do Brasil diante do Grêmio, na próxima quarta-feira, em Porto Alegre. A principal dúvida é em relação ao esquema tático: com três meias ou com três volantes.

No treino desta sexta, Giacomini manteve o suspense. Ele comandou um trabalho tático com setores divididos. Junior Urso jogou ao lado de Rafael Carioca e Leandro Donizete no meio de campo de marcação. Mas quando a atividade era focada no ataque, Luan entrava para compor o quarteto ofensivo.

Se optar pelo esquema com três volantes, Luan deverá ficar no banco. Mas se quiser uma escalação mais ofensiva, com mais jogadores à frente, o meia deve ocupar a vaga de Junior Urso, com Rafael Carioca recuperando a titularidade. Giacomini ainda levantou uma terceira alternativa, ao citar o nome de Maicosuel e a possibilidade de o meia ser retirado da equipe.

"O Luan vinha fora, voltou a treinar e é uma grande opção. Temos o Maicosuel, que também é um jogador de beirada. Mas eu não gosto de ir para um jogo de caráter decisivo com uma alternativa só. Ainda não é certo que começaremos com três volantes. Se começarmos assim, o Carioca é o jogador com qualidade na saída de bola. É um jogador que joga por trás, é um organizador e é uma ótima opção para iniciarmos com uma trinca no meio", comentou.

Apesar da possibilidade de uma escalação mais defensiva, o Atlético-MG precisa vencer o Grêmio por dois gols de diferença, mesmo fora de casa, uma vez que perdeu no Mineirão por 3 a 1 na ida. A equipe deve ir a campo na quarta com: Victor; Marcos Rocha, Gabriel, Erazo e Fábio Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca, Luan (Júnior Urso), Robinho e Maicosuel; Lucas Pratto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.