Interlocutor com Bom Senso perde eleição do Coritiba

Rogério Bacellar vence com 61,5% dos votos válidos e vai assumir o cargo pela primeira vez na próxima segunda-feira

Estadão Conteúdo

13 de dezembro de 2014 | 19h38

Principal interlocutor dos clubes com o movimento de jogadores Bom Senso FC, Vilson Ribeiro de Andrade perdeu, neste sábado, as eleições presidenciais do Coritiba. Rogério Bacellar venceu com 61,5% dos votos válidos e vai assumir o cargo pela primeira vez na próxima segunda-feira.

Vilson estava à frente do Coritiba desde 2012 e cumpriu um mandato, apenas. O dirigente foi chefe da delegação do Brasil na Copa do Mundo deste ano e é forte aliado de José Maria Marin. Tanto é que é ele quem preside a comissão de clubes que conversa com o Bom Senso e o governo sobre o Proforte.

Prticiparam das eleições do Coritiba 3.652 sócios. A chapa vencedora, encabeçada por Rogério Bacellar, tem também André Luiz Macias, Gilberto Griebeler, Ernesto Luiz Pedroso Junior e Ricardo Guerra.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCoritibaeleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.