Internacional assume o quarto lugar

O Internacional venceu o Flamengo, por 3 a 1, neste sábado à tarde, em Porto Alegre, pela 44ª rodada do Campeonato Brasileiro e, com o resultado, chegou ao quarto lugar da competição com 71 pontos ganhos, à frente do São Caetano, com a mesma pontuação, mas duas vitórias a mais, após a derrota por 2 a 1 para o Fluminense. Mesmo sem seus dois atacantes titulares, Nilmar e Daniel Carvalho, servindo à seleção brasileira sub-20, o Inter soube controlar o jogo durante todo o primeiro tempo. Com Claiton à frente da zaga em substituição ao lesionado Sangaletti, o time gaúcho não sentiu a ausência dos garotos já que, aos 18 minutos Diego fez 1 a 0: ele recebeu a bola atrás da zaga do Flamengo após passe de Gavillán em cobrança de falta e tocou na saída de Júlio César. Aliás, o goleiro do Flamengo, adiantado, também não conseguiu defender o segundo gol do Inter, aos 25, marcado por Jefferson Feijão, por cobertura. O terceiro gol, por isso, também foi questão de tempo. Aos 38 minutos, Gavillán, numa cobrança de falta precisa, fez 3 a 0. Na saída para o intervalo, o lateral Edu Silva disse que, apesar dos 3 a 0, o resultado era perigoso. "Não tem essa de achar que a partida já está ganha. Temos que voltar para o segundo tempo com a mesma atenção." E o alerta de Edu era procedente. O Flamengo veio melhor e mais agressivo para a segunda etapa. Aos dez minutos Rafael, após jogada com Zé Carlos e Jean, descontou para a equipe carioca, que dominava o jogo mas, com a desvantagem do primeiro tempo, não conseguiu reverter o placar desfavorável e ficou definitivamente fora de uma vaga na Libertadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.