Internacional bate o Coritiba no sufoco

O Internacional ganhou do Coritiba por 3 a 2, nesta sexta-feira, em Porto Alegre, repetindo a partida e o placar que haviam sido anulados na 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time gaúcho avançou para o segundo lugar na classificação, com 62 pontos, oito pontos atrás do líder Corinthians. O Coritiba segue na 17ª posição, com 38 pontos, apenas dois acima da zona de rebaixamento. No único período em que teve domínio total do jogo, dos 30 aos 39 minutos do primeiro tempo, o Internacional marcou dois gols e ficou com a sensação de que a vitória seria fácil. No primeiro gol, Ricardinho sofreu pênalti e Fernandão converteu. No segundo, Renteria avançou da ponta esquerda em direção ao gol, enganou um adversário e chutou forte. A bola desviou num zagueiro e entrou. Felizes com a vantagem e cansados com a recente seqüência de jogos, os jogadores do Internacional voltaram para o segundo tempo falando em poupar energias para a partida de segunda-feira contra o Paysandu. Mas tomaram um susto com a reação do Coritiba e passaram por grandes dificuldades para vencer. Aos 9 minutos, Maia aproveitou uma bola desviada pela defesa e descontou. Aos 31, Ricardinho acertou um chute no ângulo e empatou. O sufoco colorado só foi aliviado aos 42 minutos, quando Renteria aproveitou um rebote de Douglas e acertou um chute de voleio para marcar o gol da vitória.

Agencia Estado,

28 de outubro de 2005 | 22h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.