Paulo Pinto/AE
Paulo Pinto/AE

Internacional bate o São Paulo dentro do Morumbi por 3 a 1

Derrota em casa deixa time tricolor numa posição intermediária na tabela do Brasileirão; torcida vaia atuação dos jogadores

ANDRÉ RIGUE, estadão.com.br

16 de setembro de 2010 | 22h52

O São Paulo voltou a decepcionar no Campeonato Brasileiro e sofreu a segunda derrota seguida na noite desta quinta-feira ao ser batido pelo Internacional por 3 a 1, dentro do Morumbi, pela 22.ª rodada. Uma boa vitória para o time gaúcho, que chegou aos 35 pontos e retornou à quinta colocação na tabela.

 

Veja também:

SÉRIE A - tabelaClassificação | listaCalendário/Resultados

linkCléber Santana diz que entende vaias da torcida tricolor

Com a derrota, a terceira como mandante, o São Paulo estacionou nos 28 pontos e caiu para o 12.º lugar. O time comandado pelo técnico Sérgio Baresi se afastou ainda mais da meta que é conquistar uma vaga na Copa Libertadores do próximo ano. A diferença para o Botafogo (quarto colocado) já está em nove pontos.

 

No próximo domingo, o São Paulo terá um clássico decisivo diante do Palmeiras, que tem 29 pontos e também passa por um momento irregular. Quem perder no Pacaembu ficará em situação bem complicada. Xandão, que recebeu cartão amarelo na noite desta quinta-feira, terá de cumprir suspensão e não poderá atuar.

 

O São Paulo teve muitos problemas nesta quinta-feira. Sem Ricardo Oliveira e Alex Silva, o clube ficou vulnerável ao melhor entrosamento do Internacional. O time gaúcho não se intimidou por jogar no Morumbi e partiu para o ataque logo nos primeiros minutos. Rogério Ceni tentou fechar o gol de todas as formas, mas não conseguiu resistir por muito tempo.

 

O primeiro gol do Inter chegou logo aos 9 minutos do primeiro tempo. Após cobrança de falta do argentino D'Alessandro, o zagueiro Índio apareceu no segundo pau e desviou de cabeça. Wilson Matias aproveitou o rebote e mandou para o fundo das redes de Ceni. Foi o primeiro gol do jogador com a camisa colorada.

 

O São Paulo pouco criou e só conseguiu empatar através da bola parada, aos 19. Após Nei cometer falta em Dagoberto, Jean cobrou bem e levantou na área. A zaga do Internacional tentou fazer uma linha de impedimento, mas os zagueiros demoraram para sair. Cleber Santana ficou em posição legal e desviou para o gol de Renan.

 

O empate não assustou o Inter, que continuou melhor na partida - o meio-campo gaúcho teve um ótimo aproveitamento na troca de passes. O clube colorado marcou o segundo gol aos 37 minutos do primeiro tempo. Na jogada, Tinga trocou passes com Giuliano e Leandro Damião saiu na cara do gol. O camisa 9 bateu cruzado e não deu chances para Rogério Ceni.

 

A torcida do São Paulo vaiou o time. Baresi tirou Dagoberto e colocou Marlos. Porém, o Internacional continuou a dar as cartas. O placar no Morumbi foi fechado aos 17 minutos do segundo tempo. Após cruzamento de Tinga, Giuliano aproveitou o rebote e tocou para o fundo das redes, no contrapé de Ceni.

 

O Inter diminuiu o ritmo, do contrário poderia ter feito mais gols no Morumbi. Já a torcida são-paulina saiu preocupada com o que viu na noite desta quinta.

 

"Infelizmente não deu", afirmou Jorge Wagner. "Acreditamos, mas o time não conseguiu responder. Agora vamos manter a calma, pois o São Paulo tem condições de engatar uma série de vitórias e voltar a brigar pelas primeiras posições."

 

  SÃO PAULO 1 - Rogério Ceni; Jean (Ilsinho), Xandão , Miranda  e Richarlyson; Cleber Santana , Rodrigo Souto, Jorge Wagner  (Carlinhos Paraíba) e Lucas ; Dagoberto (Marlos) e Fernandão. Técnico: Sérgio Baresi.

 

  INTERNACIONAL 3 - Renan; Nei , Bolívar, Índio  e Kléber; Wilson Matias, Glaydson , Tinga e D'Alessandro  (Andrezinho); Leandro Damião e Giuliano  (Edu). Técnico: Celso Roth.

 

Gols - Wilson Matias, aos 9, Cleber Santana, aos 19, e Leandro Damião, aos 37 minutos do primeiro tempo; Giuliano, aos 17 minutos do segundo tempo; Árbitro - Felipe Gomes da Silva (RJ); Público e Renda - 11.327 pagantes/R$ 130.731,00; Local - Estádio Morumbi, em São Paulo (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.