Internacional demite Lori Sandri

O Internacional demitiu o técnico Lori Sandri nesta segunda-feira, um dia depois da derrota para o Vasco da Gama, por 3 a 1, no Beira-Rio. A saída do treinador vinha sendo pedida pela torcida, que culpava Lori pelas atuações irregulares do time. Uma entrevista que o técnico deu após a resultado de domingo, na qual criticou o ala-direito Gavilán e o volante Marabá pelos gols sofridos, desagradou a diretoria do clube, que acredita ter montado um grupo capacitado a conquistar resultados melhores que os atuais. "Nós achamos que o Inter tem que jogar mais e é por isso que estamos buscando um novo treinador", disse o vice-presidente de futebol, Vitório Píffero, ao anunciar a rescisão. O auxiliar Leandro Machado assume a função como interino. Entre os nomes citados como cotados para treinar o Internacional a partir desta semana estão os de Jair Picerni, Osvaldo de Oliveira e Paulo Bonamigo.

Agencia Estado,

28 de junho de 2004 | 13h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.