Internacional derrota Paysandu: 2 a 1

Nada parece dar certo para o Paysandu, até mesmo dentro de casa. A quarta derrota seguida dentro de casa, para o Internacional, por 2 a 1, teve um ingrediente extra: a péssima arbitragem do paulista Rodrigo Martins Cintra, que prejudicou o time paraense. Além de só mostrar cartões amarelos para os jogadores do Paysandu e expulsar o atacante Robson ainda no primeiro tempo, Cintra marcou um pênalti no mínimo duvidoso a favor do Inter. Resultado: diante da revolta da torcida, o juiz teve de deixar o Estádio Mangueirão protegido pela Polícia Militar. Fernandão duas vezes, para os gaúchos, e Eder Cecon, para o Paysandu, marcaram os gols da partida.O time paraense foi dominado no primeiro tempo. O Inter chegava com facilidade à área paraense e abusava de perder gols. Aos 31 minutos, após cruzamento de Tinga da direita para a pequena área, Fernandão, de cabeça, fez 1 a 0. O Paysandu acordou no segundo tempo. Aos 10 minutos, Eder Ceccon, de falta, empatou a partida. Mas aos 31 minutos, Rafael Sóbis caiu na área e o juiz marcou pênalti. Fernandão cobrou e definiu: 2 a 1 para o time gaúcho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.