Alexandres Lops/SCI/Vipcomm
Alexandres Lops/SCI/Vipcomm

Internacional desembarca em Abu Dabi após longa viagem

Mesmo com desgaste de quase 24 horas de voo, técnico Celso Roth já levou os jogadores para treino leve

AE, Agência Estado

09 de dezembro de 2010 | 14h06

Após enfrentar uma viagem de quase 24 horas, o Internacional desembarcou nesta quinta-feira em Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, onde disputará o Mundial de Clubes a partir da semana que vem. E, mesmo com o desgaste, o técnico Celso Roth já levou os jogadores para fazer um treino leve, iniciando o processo de aclimatação.

Veja também:

linkPara Fernando Baiano, vitória tirou pressão do Al-Wahda

linkPresidente da Inter de Milão exige título do Mundial

Mesmo com voo fretado pelo clube, a viagem sofreu atraso. O problema aconteceu na escala em Lagos, na Nigéria, onde o avião parou para reabastecimento e troca da tripulação, com a demora na execução dos serviços necessários. Assim, a delegação do Inter acabou desembarcando em Abu Dabi cerca de três horas depois do previsto.

Apesar disso, a viagem foi tranquila. A maior parte dos jogadores ficou reclusa na parte reservada para eles na aeronave, apenas descansando. Mas alguns, como o meia argentino D''Alessandro, estiveram na área destinada aos torcedores que acompanharam o time no voo fretado, distribuindo autógrafos e posando para fotos.

"O clima é de absoluto otimismo. Isso é muito bom, nos dá confiança", disse o vice-presidente de futebol do Inter, Fernando Carvalho, ao comentar sobre o apoio da torcida já dentro do avião - a expectativa da diretoria é que cerca de cinco mil torcedores viajem para Abu Dabi para acompanhar o time no Mundial.

Em busca do bicampeonato - venceu a edição de 2006, realizada em Yokohama, no Japão -, o Inter estreia apenas na terça-feira no Mundial de Clubes, já pela semifinal do torneio em Abu Dabi. E seu adversário será definido nesta sexta, no confronto entre o Pachuca, do México, e o Mazembe, do Congo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolInternacionalMundial de Clubes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.