Ricardo Duarte/Internacional
Ricardo Duarte/Internacional

Internacional empata com o CRB e volta a ser vaiado no Beira-Rio

Equipe colorada decepciona ao ficar no 0 a 0 com mais de 25 mil pessoas no estádio

Estadão Conteúdo

03 Novembro 2017 | 21h42

O Internacional voltou a decepcionar seus torcedores e desperdiçou a chance de dar mais um passo rumo à elite do Campeonato Brasileiro na noite desta sexta-feira ao ficar no empate sem gols com o CRB, em pleno estádio Beira-Rio, pela 33.ª rodada da Série B.

+ Aos 14 anos, filho de Fernandão assina contrato com o Internacional

O fraco desempenho em campo fez com que os jogadores deixassem o campo sob vaias de boa parte dos pouco mais de 25 mil torcedores presente no estádio. No último final de semana, o Inter já havia tropeçado em casa ao ser derrotado pelo Ceará, por 1 a 0.

Apesar dos maus resultados, o time comandado por Guto Ferreira segue tranquilo na liderança, com 62 pontos. O CRB chegou ao quinto jogo sem vitória (quatro empates e uma derrota) e está na beira da zona de rebaixamento, em 16.º lugar, com 39 pontos.

Como já era de se esperar, o Inter aplicou uma blitz no começo do jogo e criou boas oportunidades com D'Alessandro e Eduardo Sasha. Aos 11 minutos, William Pottker chegou a abrir o placar após falha do goleiro Edson Kölln. Mas o auxiliar assinalou impedimento e o gol foi anulado.

O time colorado continuou com muito mais posse de bola e só não foi para o intervalo na frente do placar porque Edson Kölln fez grandes defesas. Na melhor delas, William Pottker cabeceou e o goleiro defendeu sem dar rebote. O CRB só assustou uma vez, aos 38 minutos, em um cabeceio para fora do volante Rodrigo Souza.

Diferente do primeiro tempo, a etapa final foi bastante equilibrada. O time gaúcho tinha mais posse de bola, mas viu o CRB criar boas oportunidades de gol. Na melhor delas, Neto Baiano recebeu livre de marcação e bateu rasteiro. Com os pés, Danilo Fernandes evitou a abertura do placar.

Empurrado pela torcida, o time da casa partiu com tudo para cima do CRB nos minutos finais, mas abusou das bolas aéreas. Foi justamente assim, no último lance, que Cláudio Winck perdeu uma chance incrível. D'Alessandro cobrou escanteio, Rodrigo Dourado desviou e a bola sobrou para o lateral. Sem goleiro, ele cabeceou por cima.

O Internacional volta a campo já na próxima segunda-feira, contra o Luverdense, às 20 horas, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT). Na terça-feira, o CRB recebe o Juventude, às 21h30, no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). Os jogos são válidos pela 34.ª rodada.

FICHA TÉCNICA:

INTERNACIONAL 0 X 0 CRB

INTERNACIONAL - Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Léo Ortiz, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenilson e D'Alessandro; William Pottker (Camilo), Leandro Damião (Carlos) e Eduardo Sasha (Nico López). Técnico: Guto Ferreira.

CRB - Edson Kölln; Marcos Martins, Flávio Boaventura, Adalberto e Diego; Adriano (Yuri), Rodrigo Souza, Tinga (Tony), Danilo Pires e Chico (João Paulo); Neto Baiano. Técnico: Mazola Júnior.

ÁRBITRO - Rodolpho Toski Marques (PR).

CARTÕES AMARELOS - Nico López, Carlos e Cláudio Winck (Internacional); Rodrigo Souza, Tinga e Neto Baiano (CRB).

RENDA - R$ 535.236,00.

PÚBLICO - 22.094 pagantes (25.764 total).

LOCAL - Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.