Inter encara Sport no reencontro de Danilo Fernandes com ex-clube

O Internacional recebe o Sport nesta quinta-feira, às 16 horas, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, no reencontro do goleiro Danilo Fernandes com seu ex-clube, em duelo válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Estadão Conteúdo

26 de maio de 2016 | 06h45

Danilo estreou no último domingo na vitória sobre o São Paulo, fora de casa, por 2 a 1. "Foi bacana, mas já passou. Agora é jogar contra o ex-time, mas cada um defenderá o seu. Será um jogo complicado e temos que fazer de tudo para sair vitorioso", comentou o jogador, que chegou para substituir Alisson, negociado com a Roma, da Itália.

O técnico Argel Fucks não confirmou a escalação da equipe. A principal dúvida é se ele manterá o trio de volantes da última partida com Anselmo, Fabinho e Fernando Bob. O mais provável é que o primeiro deixe a equipe para a entrada do atacante Aylon.

Recuperado de lesão muscular na coxa direita, o atacante Brenner deve ser relacionado para o primeiro jogo com a camisa do Internacional. Vice-artilheiro do Campeonato Gaúcho pelo Juventude, com sete gols, ele está recuperado fisicamente e começará o jogo no banco de reservas.

A única ausência confirmada é do meio-campista Alex, que entrou no decorrer da última partida e foi expulso. Criticado pelo treinador por ter levado o cartão vermelho, o jogador se envolveu em uma polêmica durante a semana.

Nas redes sociais, publicou a frase: "Elogie em público e corrija em particular. Um sábio orienta sem ofender e ensina sem humilhar", do filósofo Mario Sergio Cortella. Ainda incluiu a legenda: "Para bom entendedor, meia palavra basta".

Minutos depois, quando os jornais começaram a repercutir a mensagem como um recado ao treinador, Alex gravou um vídeo para evitar a polêmica. "É tanta gente querendo atrapalhar o relacionamento meu e do Argel. Temos mantido um respeito tão grande desde que ele chegou aqui. Nos conhecemos desde antes do futebol", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.