Ricardo Duarte/Internacional
Ricardo Duarte/Internacional

Internacional enfrenta o Sport, em casa, para criar 'gordura' e se aproximar do título

Se vencer, Colorado jogará toda a pressão para o Flamengo, que não dependerá mais de suas próprias forças mesmo com um confronto direto no próximo dia 21

Redação, Estadão Conteúdo

10 de fevereiro de 2021 | 05h46

Faltam apenas quatro jogos para o término do Campeonato Brasileiro e o Internacional tem nesta quarta-feira uma grande oportunidade de ficar mais perto do título nacional, fato que não acontece há 41 anos. Líder com 65 pontos, o time gaúcho busca a vitória sobre o Sport, às 19 horas, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 35.ª rodada, para criar uma "gordura" de quatro pontos de vantagem para o vice-líder Flamengo, que tropeçou no último domingo ao empatar com o Red Bull Bragantino.

Caso derrote o Sport, o Internacional jogará toda a pressão para o rival carioca, que não dependerá mais de suas próprias forças mesmo com um confronto direto no próximo dia 21, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 37ª e penúltima rodada.

Há uma chance, pequena por enquanto, de o Internacional já comemorar o título antes desse confronto direto contra o Flamengo. O time precisa ganhar do Sport, nesta quarta-feira, e do Vasco, no domingo, no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, para chegar aos 72 pontos, além de torcer contra os perseguidores.

Com 65 pontos somados e nove em disputa, o Flamengo não alcançaria mais os gaúchos se perder do Corinthians como mandante. Os gaúchos teriam de torcer, também, por uma derrapada do Atlético-MG, diante de Fluminense ou Bahia, e que o São Paulo, com 58 pontos e ainda cinco jogos por fazer, não tenha desempenho perfeito nos confrontos contra Ceará e Grêmio.

Contas à parte, o técnico Abel Braga só pensa no Sport. Após utilizar Marcos Guilherme e apostar em uma estratégia no empate sem gols com o Athletico-PR na última rodada, Caio Vidal voltará ao time titular. Com ele, a aposta é na velocidade e nos dribles para tentar superar o sistema defensivo do time pernambucano.

Caio Vidal não será a única novidade em campo. O capitão Rodrigo Dourado volta após cumprir suspensão e entra no lugar de Rodrigo Lindoso, que levou o terceiro cartão amarelo. Na lateral esquerda, Uendel substitui Moisés, que também está suspenso.

Thiago Galhardo, que já está reintegrado após a negociação frustrada com do Al-Hilal, da Arábia Saudita, surge como uma alternativa para o decorrer da partida. O meia-atacante não atua desde o dia 10 de janeiro em razão de uma lesão muscular na panturrilha esquerda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.