Internacional fica apenas no empate diante do São Luiz, de Ijuí

Equipe colorada, do técnico Abel Braga, chega aos 14 pontos, na liderança provisória do grupo 2

Elder Ogliari, Especial para o Estado de S. Paulo

21 de fevereiro de 2008 | 00h48

O Internacional empatou com o São Luiz por 1 a 1 nesta quarta-feira, em Ijuí, e assumiu temporariamente a liderança do grupo 2 do campeonato gaúcho, com 14 pontos e saldo de 11 gols. O colorado da capital agora torce para que o Internacional de Santa Maria, que também tem 14 pontos e saldo de quatro gols, não consiga marcar pontos contra o São José (sexto, com seis pontos) no encerramento da rodada, nesta quinta-feira. O São Luiz é terceiro, com 11 pontos.O jogo foi equilibrado. A marcação eficiente do São Luiz tirou os espaços do Internacional, que só conseguiu chutar quatro vezes, sem exigir grandes defesas do goleiro Wanderlei, durante todo o primeiro tempo. No mesmo período, o time de Ijuí também concluiu apenas quatro vezes, mas teve duas grandes chances. A primeira foi desperdiçada por Adão, que cabeceou a bola para fora quando estava livre diante do goleiro Renan, aos seis minutos. A segunda foi um pênalti mal cobrado por Alcione, aos 20 minutos, que Renan defendeu.No segundo tempo, o São Luiz não deu mais chance ao azar. Aos sete minutos, Diego Biro recebeu um passe de cabeça de Ricardo e, também de cabeça, abriu o placar. A desvantagem fez o técnico colorado Abel Braga tirar o volante Magrão e colocar o centroavante Guto em campo. E foi o jovem atacante que empatou o jogo. Aos 30 minutos ele estava no lugar certo, dentro da pequena área, para aproveitar um cruzamento de Gil e cabecear a bola para o fundo das redes. O Internacional seguiu pressionando. Na melhor chance, Guiñazu acertou um chute violento, que Wanderlei defendeu com dificuldade.No outro jogo do Grupo 2, o Brasil de Pelotas foi a Bagé e derrotou o Guarany por 3 a 0 com gols de Rafael Bittencourt, Hiantony e Lucas. As posições ficaram inalteradas. O Brasil é sétimo, agora com seis pontos, e o Guarany é o lanterna, com três pontos, cada dia mais ameaçado de rebaixamento. O Veranópolis, que venceu o Juventude por 2 a 1 na terça-feira, é o quarto colocado, com dez pontos e saldo de um gol. O Juventude também tem dez pontos, mas está em quinto porque tem saldo zero.Pelo grupo 1, o Caxias empatou com o Sapucaiense por 2 a 2 no Centenário depois de estar com dois gols de vantagem até os 40 minutos do segundo tempo. Kempes marcou os dois gols do Caxias. Dias e Anderson Catatau igualaram para os visitantes. Em Novo Hamburgo, a Ulbra derrotou o Novo Hamburgo por 2 a 1, de virada. Cléverson abriu o placar. Flavinho empatou e Júnior marcou o gol da vitória.A liderança do grupo será disputada nesta quinta-feira pelo Grêmio, que tem 14 pontos, e pelo Esportivo, que tem 13 pontos, no Olímpico. Em Santa Cruz do Sul, o Santa Cruz, sexto, com sete pontos, recebe o 15 de Novembro, oitavo e lanterna, ainda sem pontos. O Caxias é terceiro com 13 pontos e uma vitória a menos que o Esportivo. A Ulbra é a quarta, com 11 pontos. O Sapucaiense é quinto, com nove pontos. O Novo Hamburgo é sétimo, com quatro pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.