Ricardo Duarte/ SC Internacional
Ricardo Duarte/ SC Internacional

Internacional goleia, termina em segundo e rebaixa o Esportivo no Gaúcho

Equipe colorada enfrenta o Juventude pelas semifinais do Estadual

Redação, Estadão Conteúdo

24 de abril de 2021 | 23h47

Com um futebol eficiente, o Internacional soube aproveitar as falhas de marcação e goleou o Esportivo por 5 a 0, neste sábado à noite, no estádio Beira-Rio em Porto Alegre, pela 11ª rodada, a última da fase classificatória do Campeonato Gaúcho. O resultado causou o rebaixamento do visitante para a segunda divisão estadual.

Segundo colocado na classificação, com 23 pontos, o Inter vai enfrentar o Juventude, terceiro, com 17, em dois jogos para decidir quem vai à final contra o vencedor de Grêmio, líder com 24, e Caxias, com 17 pontos. A derrota deixou o Esportivo, de Bento Gonçalves, na penúltima posição, com nove pontos, e rebaixado.

O primeiro jogo da semifinal deve ser confirmado pela Federação Gaúcha para o próximo final de semana em Caxias do Sul. Antes disso, terça-feira, o Internacional vai tentar a reabilitação na Copa Libertadores, em casa, diante do Deportivo Táchira, da Venezuela, pela segunda rodada do Grupo B. Na estreia, na altitude de La Paz, capital da Bolívia, o Inter perdeu para o Always Ready por 2 a 0.


O primeiro gol saiu logo aos quatro minutos. Rodinei cobrou falta pelo lado esquerdo em direção à pequena área, onde apareceu o zagueiro Zé Gabriel para testar firme já atirando a bola dentro do gol.


O Esportivo ameaçou reagir, tentando sair da defesa para buscar o empate. Mas levou o segundo gol num contra-ataque puxado por Yuri Alberto pelo lado direito. Ele cruzou na grande área, onde Nonato deixou a bola quicar uma vez no chão e bateu no alto de perna esquerda. Um chute certeiro nas redes aos 32 minutos.


O terceiro gol saiu de pênalti, marcado após Rodinei ser atropelado no lado direito após passe de Palacios. Na cobrança, Yuri Alberto, melhor em campo, chutou no canto esquerdo do goleiro Anderson que ainda caiu certo e tocou na bola, porém, não evitou o gol aos 40 minutos.


O segundo tempo começou com o Inter sinalizando de que tiraria o pé para se poupar. Mas o Esportivo continuou falhando e sofreu mais gols. O quarto saiu aos 15 minutos, de novo, em falta levantada por Rodinei na medida para o cabeceio de Rodrigo Dourado, de cima para baixo.


O próprio Rodinei marcou o quinto gol aos 21 minutos, após passe de Rodrigo Lindoso e que contou com a furada de dois defensores. Ele dominou a bola e bateu em diagonal de pé esquerdo. Aos 31, o zagueiro Júnior Alves foi expulso, deixando o Esportivo com um jogador a menos e correndo o risco de levar mais gols. Não levou, porém não evitou a queda para a segunda divisão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.