Fernando Alves/ EC Juventude
Fernando Alves/ EC Juventude

Internacional perde para o Juventude em Caxias do Sul e deixa Corinthians no G-6

Caso tivesse vencido, time colorado teria igualado a pontuação dos corintianos e conseguido a ultrapassagem por vantagem no saldo de gols

Bruno Accorsi, O Estado de S.Paulo

10 de novembro de 2021 | 23h39

O Internacional perdeu nesta quarta-feira a chance de ultrapassar o Corinthians e assumir a sexta colocação do Brasileirão. O time comandado por Diego Aguirre foi ao Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, e voltou para a capital derrotado por 2 a 1 pelo Juventude, que não vencia há sete partidas, em jogo válido pela 31ª rodada.

O resultado deixa o Inter com 44 pontos, na sétima colocação, três atrás do Corinthians, que perdeu por 3 a 0 para o Atlético-MG. Caso tivesse vencido, teria igualado a pontuação dos corintianos e conseguido a ultrapassagem por vantagem no saldo de gols. O Juventude, por sua vez, alimenta a esperança de escapar do rebaixamento, mas ainda está na degola, em 17º lugar, com 33 pontos.

O jogo foi aberto desde os primeiros momentos, com os times atentos para aproveitar os espaços cedidos no campo adversário. Antes de o cronômetro marcar dez minutos de bola rolando, o Juventude contou com intervenções pontuais do lateral Michel e do zagueiro Quintero para evitar o gol do Internacional em boas investidas de Palacios e Maurício.

Quando criou oportunidades no campo de ataque, o time da casa se deparou com um Marcelo Lomba inspirado. O goleiro brilhou com excelentes defesas após finalizações de Ricardo Bueno, aos 18 minutos, e de Guilherme Catilho, aos 35. Depois, perto do final do primeiro tempo, Maurício quase deixou o Inter em vantagem ao acertar ao bola na trave.

O equilíbrio permaneceu no segundo tempo, mas a desatenção da defesa da equipe de Porto Alegre na bola aérea abriu o caminho para a vitória do Juventude. Dawhan marcou de cabeça, aos 21 minutos, ao subir sozinho na área após cruzamento de Castilho. A arbitragem marcou impedimento em campo, mas o VAR analisou o lance  e validou o gol.

A noite ficou ainda mais infeliz para a defesa do Inter aos 40 minutos, no momento em que Paulo Victor tentou cortar um cruzamento e mandou bola contra a própria rede. Com pouco tempo para reagir, o Inter diminuiu aos 42 minutos, com um gol de cabeça de Matheus Cadorini, que entrou no lugar de Edenílson, mas o empate não veio. 

O Internacional joga a 32ª rodada no Beira-Rio, onde recebe o Athletico-PR no próximo sábado, às 19 horas. Já o Juventude vai campo um dia depois, no domingo, para enfrentar a já rebaixada Chapecoense, na Arena Condá, a partir das 19 horas.

FICHA TÉCNICA

JUVENTUDE 2 X 1 INTERNACIONAL

JUVENTUDE - Douglas Friedrich; Michel, Quintero, Rafael Forster e William Matheus; Jadson, Dawhan (Paulo Henrique), Wagner (Wescley) e Guilherme Castilho (Ricardo); Sorriso e Ricardo Bueno (Capixaba). Técnico: Jair Ventura.

INTERNACIONAL - Marcelo Lomba; Mercado (Boschilia), Bruno Méndez, Víctor Cuesta e Paulo Victor. Rodrigo Dourado, Rodrigo Lindoso (Johnny), Edenílson (Matheus Caldorini) e Maurício (Gustavo Maia); Palacios (Heitor) e Yuri Alberto. Técnico: Diego Aguirre. 

ÁRBITRO - Bruno Arleu de Araújo (RJ)

CARTÕES AMARELOS - William Matheus, Mercado, Edenílson, Quintero, Yuri Alberto e Rodrigo Dourado.

GOL - Dawhan, aos 21 minutos do segundo tempo. Paulo Victor, contra, aos 40, e Matheus Cadorini, aos 42 minutos do segundo tempo.

RENDA - Não disponível.

PÚBLICO - 6.877

LOCAL - Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.