Internacional quer desbancar Juventude

O confronto entre Internacional e Juventude pela Copa Sul-Minas, na tarde deste sábado, tem jeito de clássico regional e reveste-se de grande significado para os dois times, de campanha irregular na competição, mas animados pelas recentes vitórias que conseguiram no meio da semana pela Copa do Brasil. O Internacional é o oitavo colocado, com 13 pontos, e faz contas para classificar-se. Precisa vencer cinco dos sete jogos que tem pela frente. O Juventude, 13º, com seis pontos, sonha pouco. Mas luta para fugir do rebaixamento. No Inter, Ivo Wortmann só fará uma alteração, colocando Dênis no lugar do armador Claiton, suspenso. No Juventude, Ricardo Gomes repete o time que derrotou a Ponte Preta na quarta-feira. A rivalidade entre os dois só não é a maior do Estado porque o Rio Grande do Sul tem o Gre-Nal. Nos últimos anos o retrospecto é favorável ao Juventude, o que tem provocado referências a vinganças entre torcedores e dirigentes do Internacional cada vez que os times se encontram. Otimistas depois da vitória sobre o Santos, na quarta-feira, os Colorados acreditam que o momento da desforra chegou.

Agencia Estado,

08 Março 2002 | 17h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.