Ricardo Duarte / Internacional
Ricardo Duarte / Internacional

Internacional registra argentino Mercado e pode reforçar defesa contra o Flamengo

Reforço tem 34 anos e atuava pelo Al-Rayyan, do Catar; zagueiro já vinha aprimorando forma física no time gaúcho desde abril e foi contratado em julho

Redação, Estadão Conteúdo

04 de agosto de 2021 | 21h26

O Internacional ganhou um importante reforço para tentar parar o poderoso ataque do Flamengo de Renato Gaúcho, dono de 24 gols em seis jogos, no domingo, pelo Brasileirão. Nesta quarta-feira, o nome do experiente zagueiro Mercado, de 34 anos, foi publicado no Boletim Informativo Diário (BID), e ele pode pintar como surpresa de Diego Aguirre no Maracanã.

O treinador uruguaio tenta ajustar o setor defensivo na tentativa de tirar o Inter das últimas posições do Brasileirão. Aguirre acredita que, fechado atrás, o ataque pode garantir alguns pontos preciosos na frente. Até então, sob o comando de Renato Gaúcho, os cariocas ganharam seus seis jogos, com média de 4 bolas nas redes. Acabar com essa série é a missão colorada.

A primeira tentativa de Aguirre para ajustar a defesa foi levar o também uruguaio Bruno Méndez, do Corinthians, para atuar ao lado do argentino Victor Cuesta. Mas, ainda assim, o setor não se acertou. Com Mercado, há a possibilidade de atuar com três estrangeiros no setor ou aumentar a experiência da dupla escolhida.

O reforço tem 34 anos e estava no Al-Rayyan, do Catar. Mercado não atua desde abril, porém já vem faz algum tempo aprimorando a forma física do time gaúcho, aguardando apenas a abertura da janela de transferências internacionais para ser inscrito. O zagueiro foi contratado no começo de julho por indicação de Aguirre.

Outra opção que pode aparecer para o setor em breve é Rodrigo Moledo, que está em fase final de recuperação de cirurgia no joelho direito. Nesta quarta, o defensor iniciou os trabalhos com bola. Desde a contusão do jogador que o Inter não ajustou mais sua defesa.

Somar pontos diante do Flamengo é vital para o Internacional não correr riscos de entrar na zona de rebaixamento do Brasileirão neste rodada. Está em 14°, com 15 pontos, e pode ser ultrapassado por Sport, Cuiabá e São Paulo em caso de derrota aliada com vitórias dos concorrentes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.