Internacional sente terremoto, mas mantém rotina no México

Maioria dos jogadores ainda dormia nos quartos do hotel durante abalo; todos passam bem

AE, Agência Estado

07 de abril de 2011 | 12h32

A delegação do Internacional passou por um susto no México nesta quinta-feira, um dia depois da derrota por 1 a 0 para o Jaguares, em Tuxtla Gutiérrez. A cidade foi atingida por um terremoto, por volta das 8 horas locais (10 horas de Brasília), quando a maioria dos jogadores ainda dormia nos quartos do hotel onde o grupo dirigido por Celso Roth está hospedado.

Assustados, vários atletas do Internacional foram para os corredores do hotel após o incidente, mas todos estão bem, de acordo com informações do clube. Ocorreram dois abalos, com um intervalo de poucos segundos entre eles. O epicentro em Vera Cruz, cidade vizinha ao estado de Chiapas, e o terremoto teria sido de 6,5 graus na escala Richter.

Apesar do susto, o Internacional não alterou a sua programação no México. A equipe realiza um treino no CT do Jaguares nesta quinta-feira antes de iniciar a viagem de volta ao Brasil às 20h40 (horário de Brasília). Mesmo com a derrota, o Internacional segue na liderança do Grupo 6 da Libertadores, com dez pontos.

Veja também:

linkCelso Roth se preocupa com atuação ruim do Internacional no México

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.