Divulgação/Vipcomm
Divulgação/Vipcomm

Internacional só empata com o Universidad de Chile

No Beira-Rio, clube fica no 1 a 1 e agora precisará ganhar no Chile para conseguir a vaga

ELDER OGLIARI, Agencia Estado

24 de setembro de 2009 | 00h18

O Internacional empatou com o Universidad de Chile por 1 a 1, nesta quarta-feira, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela rodada de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana. O resultado frustrou o time brasileiro, que usou os titulares na expectativa de construir uma boa vantagem para o jogo da volta, em Santiago, no próximo dia 30, e agora ficou na obrigação de ganhar ou empatar por pelo menos dois gols para se classificar. Se empatar por 1 a 1, decidirá a vaga nos pênaltis. Qualquer outro resultado favorece os chilenos.  

 

Veja também:

tabela Copa Sul-Americana: Calendário e resultados

especialTodas as notícias sobre a competição

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Com cinco jogadores no meio de campo e apenas um atacante, o Universidad de Chile tratou de marcar de perto o meia D''Alessandro e os atacantes Edu e Alecsandro. O cerco deu certo, sobretudo no primeiro tempo, quando o Internacional se obrigou a tentar chutes de longe e só teve uma grande chance de marcar - Alecsandro, livre, desperdiçou. Num dos contra-ataques, Montillo carregou a bola da intermediária até a entrada da área e disparou o chute que venceu Lauro para abrir o placar, aos 23 minutos.

A desvantagem fez o time brasileiro partir para a pressão no segundo tempo, enquanto o chileno tratou de proteger ainda mais a defesa com a troca do volante Seymour pelo zagueiro Diaz. O clube colorado criou diversas chances, mas errou a pontaria em conclusões de D'Alessandro, Guiñazu e Sandro, e esbarrou em boas defesas do goleiro Miguel Pinto para chutes de Edu e Andrezinho.

A insistência foi tanta que, aos 32 minutos, após troca de passes pela esquerda, Kleber entrou na área e empatou o jogo com um chute por baixo das pernas do goleiro Miguel Pinto. Pouco depois, aos 37, poderia ter virado, quando uma bola cabeceada por Índio bateu na trave e foi afastada pela defesa chilena.

Quem passar deste confronto terá pela frente, nas quartas de final, o vencedor do duelo entre Alianza Atlético e Fluminense. Nesta quarta, no Peru, pelo jogo de ida, houve empate por 2 a 2.

INTERNACIONAL 1 X 1 UNIVERSIDAD DE CHILE

Internacional - Lauro; Bolívar, Índio e Fabiano Eller; Danilo Silva (Andrezinho), Sandro, Guiñazu, D''Alessandro (Marquinhos) e Kleber; Edu e Alecsandro (Taison). Técnico: Tite

Universidad de Chile - Miguel Pinto; González, Victorino, Olarra e Arias; Contreras, Seymour (Diaz), Rojas, Iturra e Montillo (Nelson Pinto); Gómez (Villalobos). Técnico: José Basualdo

Gols - Montillo, aos 23 minutos do primeiro tempo; Kleber, aos 32 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos - Edu e Alecsandro (Internacional); Olarra e Arias (Universidad de Chile)

Árbitro - Sergio Pezzota (Fifa-Argentina)

Renda - R$ 68.940,00

Público - 6.031 pagantes

Local - Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.