Twitter/Internacional
Twitter/Internacional

Internacional supera o Red Bull Bragantino no Brasileirão com dois gols nos acréscimos

Equipe gaúcha salta para a sétima posição da tabela; time do interior paulista estaciona na décima quarta colocação e chega a marca de nove partidas sem vencer

Redação, Estadão Conteúdo

05 de junho de 2022 | 21h42

O Internacional foi heroico e venceu o Red Bull Bragantino por 2 a 0, neste domingo, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Depois de sofrer pressão e escapar de levar gols em vários momentos do jogo, a equipe gaúcha marcou dois gols nos acréscimos. Johnny fez aos 46 minutos, após boa jogada na área paulista e, aos 54, Carlos de Pena cobrou pênalti e definiu o placar.

A derrota custou ao time do interior paulista, sem vencer há nove jogos seguidos, a queda para 14.ª colocação, com dez pontos. Do outro lado, o Internacional saltou para sétima posição, com 14 pontos e acreditando que pode melhorar no decorrer da competição.

Coincidentemente, os dois times entraram em campo sob forte pressão. O Bragantino, eliminado da Copa Libertadores e Copa do Brasil. Diante deste cenário, a diretoria cobrou uma melhor postura dos seus atletas. Do lado gaúcho, o ambiente pesado se deu por causa do atraso no direito de imagem do elenco, algo em torno de três meses. Atividades da semana foram canceladas. Os jogadores se recusaram a treinar enquanto a diretoria não resolvesse as pendências ou se posicionasse à respeito. Além disso, o jejum de vitórias incomodava os dois lados.

O início do jogo foi de domínio paulista. Antes dos cinco minutos, colocou uma bola na trave com Luan Cândido. Em seguida, obrigou o goleiro Daniel a praticar uma defesa difícil na finalização de Praxedes. O Inter tentava se segurar na defesa e sair em velocidade com a dupla de ataque David e Wanderson. No entanto, o time gaúcho não conseguia finalizar. Ao contrário do adversário, o Bragantino estava melhor, tanto que Helinho de cabeça mandou na trave, aos 28 minutos.

O segundo tempo começou mais equilibrado e jogo de imposição física prevaleceu. Os donos da casa levavam mais perigo quando iam ao ataque, mas, nos acréscimos, o Internacional construiu a vitória. Johnny aproveitou passe de Maurício e abriu o placar para os gaúchos, num chute que ainda passou entre três adversários, aos 46 minutos. Na sequência, com 52 minutos o árbitro anotou pênalti numa falta de Andres Hurtado sobre Alemão. Dois minutos depois, o Inter definiu o jogo com o uruguaio Carlos de Pena de pênalti, chutando no canto e rasteiro para fazer 2 a 0.

O Red Bull Bragantino volta a jogar na próxima quarta-feira, em casa, contra o Flamengo pela 10.ª rodada. Também na quarta-feira o Internacional vai à Vila Belmiro enfrentar o Santos.

FICHA TÉCNICA

RED BULL BRAGANTINO 0 X 2 INTERNACIONAL

RED BULL BRAGATINO - Cleiton; Aderlan (Andres Hurtado), Lomónaco, Natan e Luan Cândido; Lucas Evangelista, Praxedes (Alerrandro) e Raul; Artur (Bruno Tubarão), Ytalo (Jan Hurtado) e Helinho (Sorriso). Técnico: Maurício Barbieri

INTERNACIONAL -Daniel; Bustos, Vitão, Mercado e Renê; Rodrigo Dourado (Carlos de Pena), Gabriel e Edenílson (Johnny); Alan Patrick (Taison), David (Alemão) e Wanderson (Maurício). Técnico: Mano Menezes.

GOLS - Johnny, aos 46, e Carlos de Pena, de pênalti, aos 54 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Wagner do Nascimento Magalhães

CARTÕES AMARELOS - Lomónaco, Praxedes e Andrés Hurtado (Red Bull Bragantino). Wanderson e Taison (Internacional);

RENDA - R$ 53.685,00

PÚBLICO - 3062 pagantes

LOCAL - Estádio Nabi Abi Chedid Bragança Paulista (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.