Divulação
Divulação

Inter supera Joinville fora de casa e agora foca na Libertadores

Equipe comandada por Aguirre não enfrentou resistência do lanterna

ALINE TORRES, ESPECIAL PARA AE, Estadão Conteúdo

12 de julho de 2015 | 18h21

O Internacional viajou até Joinville com três derrotas seguidas na bagagem e a incômoda 17ª posição na tabela, dentro da zona de rebaixamento. Mesmo cheia de desfalques e com foco na Libertadores, a equipe comandada por Diego Aguirre conseguiu arrancar a vitória por 2 a 0 diante do Joinville, que permanece na lanterna do Brasileirão com apenas 8 pontos. Já o Inter pulou para o 12º lugar, com 16 pontos.

O primeiro tempo foi dominado pelo time visitante. Com forte marcação e poucas chances para cada lado, os gols acabaram saindo em cobranças de bola parada. Aos 32 minutos, após cobrança de escanteio da direita, Réver subiu mais alto que a zaga dos anfitriões para abrir o marcador. Autor da assistência do gol e um dos melhores da equipe, Vitinho cobrou o pênalti que ampliou a vantagem, aos 44 minutos. Os catarinenses reclamaram bastante do árbitro, que viu falta na travada fora da área entre Taiberson e Rafael Donato.

Se o primeiro tempo foi dominado por ações dos visitantes, a segunda parte do duelo foi regida pelos donos da casa. Depois de algumas tentativas de cavar pênalti, os jogadores de frente passaram a assustar o goleiro Muriel. Aos 16 minutos, Diego recebeu em profundidade na esquerda, colocou entre as pernas de Taiberson, cortou um segundo marcador já dentro da área e mandou rasteiro para defesa do goleiro.

Dois minutos depois e Marion recebeu na direita, cortou para o meio e mandou uma bomba no travessão. A equipe do técnico Adilson Batista ainda teria uma última chance aos 33 minutos, em cobrança de falta de Lucas Crispim. A bola chegou a raspar a rede adversária, aumentando a frustração do torcedor presente ao estádio. Após o apito final, jogadores e torcida colocaram na conta do árbitro a derrota.

A equipe visitante deixou o gramado já voltada para a Copa Libertadores. O Inter tem confronto nesta quarta-feira contra o Tigres, do México, na primeira partida das semifinais da competição sul-americana, no Beira-Rio, em Porto Alegre. Pelo Brasileiro, os gaúchos voltam a campo no sábado, a partir das 18h30, contra o Goiás, também em Porto Alegre. O Joinville terá boa oportunidade para se recuperar em casa, na partida das 18h30 do próximo domingo, contra a Ponte Preta.

FICHA TÉCNICA

JOINVILLE 0 X 2 INTERNACIONAL

JOINVILLE - Agenor; Dankler, Rafael Donato (Guti), Douglas Silva e Diego; Fabrício, Anselmo, Marcelo Costa (William Popp) e Lucas Crispim; Marion e Kempes. Técnico: Adilson Batista.

INTERNACIONAL - Muriel; Wellington, Eduardo, Rever e Artur (Zé Mário); Nicolás Freitas, Nilton, Anderson, Vitinho (Matheus Bertotto) e Taiberson; Rafael Moura (Eduardo Sasha). Técnico: Diego Aguirre.

GOLS - Réver, aos 32, e Vitinho, aos 44 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Kempes, Fabrício, Marion, Dankler (Joinville); Wellington, Muriel, Eduardo Sasha (Internacional).

ÁRBITRO - Francisco Carlos do Nascimento (AL).

RENDA - R$ 188.270,00.

PÚBLICO - 10.924 pessoas.

LOCAL - Arena Joinville, em Joinville (SC).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.