Reprodução
Reprodução

Internado na terça-feira, Pelé recebe alta após cirurgia no quadril

A operação impediu que ele viajasse para Nova Jersey (EUA) para dar o pontapé inicial do milésimo jogo da seleção

EFE

15 de novembro de 2012 | 19h43

SÃO PAULO - Submetido a uma operação no quadril no último sábado, Pelé teve alta e deixou o Hospital Albert Einsten, em São Paulo, nesta quinta-feira. Ele saiu do local em uma cadeira de rodas e, com lágrimas nos olhos, declarou que não imaginava que o povo brasileiro se preocupa tanto com seu estado de saúde.

O 'Rei' foi submetido a uma cirurgia de artroplastia total do quadril direito e permaneceu até esta quinta em observação, sob acompanhamento médico e fisioterapêutico. A operação foi realizada devido ao desgaste da extremidade superior do fêmur, que foi extraída e substituída por uma prótese cerâmica.

A operação impediu que Pelé viajasse para Nova Jersey (EUA) a convite da CBF para dar o pontapé inicial do milésimo jogo da história da seleção brasileira, na quarta-feira, contra a Colômbia. O amistoso terminou empatado em 1 a 1.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
Peléfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.