Internado, Vadão pode desfalcar SP

O técnico Oswaldo Alvarez deu um susto na madrugada de hoje ao ser internado às pressas em Porto Alegre com crise de hipertensão. Vadão, no entanto, conversou à tarde com o presidente Paulo Amaral e se mostrou disposto a dirigir o São Paulo, na partida desta quarta-feira contra o Grêmio, às 21h40, pelas quartas-de-final da Copa do Brasil. Caso não possa comandar a equipe, será substituído pelo auxiliar-técnico Ivo Secchi. Vadão permaneceu em observação no Hospital Mãe de Deus, na capital gaúcha, onde foi atendido pelo supervisor de emergência Antônio Rogério Crespo. Segundo o médico, o treinador passava bem, no início da noite de hoje. Enquanto isso, na fria e nebulosa tarde porto-alegrense, os jogadores treinavam no Estádio Beira-Rio. Paulo Amaral prometeu ir amanhã pela manhã para Porto Alegre, para visitar o treinador. "Ele ficou sozinho hoje porque necessitava de tranqüilidade", observou. O presidente voltou a garantir a permanência de José Dias no cargo de diretor de Futebol. Dentro do campo, um desfalque é certo. As seguidas contusões têm impedido Vadão de manter a escalação do time e agora é a vez de Luís Fabiano ficar de fora. O jogador vinha sendo o principal destaque da equipe. Em seu lugar, será escalado o atacante Ilan, cujo empréstimo termina no meio do ano. Ilan acredita que somente agora está ganhando espaço no time. Depois de atuar duarante quase todo o Torneio Rio-São Paulo, contundiu-se e não participou das finais contra o Botafogo. A partir daí, sentiu-se esquecido pela comissão técnica. "Estranhei por não ser relacionado nem para o banco. Agora meu objetivo é, passo a passo, conquistar um lugar." Grêmio e Ronaldinho - O atacante Ronaldinho poderá finalmente tornar oficial a transferência para o clube francês Paris Saint-Germain. Ele só está aguardando o parecer da Justiça do Trabalho, na sexta-feira, a respeito do valor da compensação que o PSG terá de dar ao Grêmio, responsável por sua formação profissional. O jogador e o clube europeu tentam provar que Ronaldinho tinha direito a passe livre, baseados na Lei Pelé, em vigor desde o dia 26 de março. O último contrato do atleta com o Grêmio, que reivindica compensação de US$ 38, 4 milhões, encerrou-se no dia 15 de fevereiro. O clube gaúcho considerou ridícula a oferta de US$ 2 milhões oferecida pelo PSG. Ronaldinho treina em Paris e vai a Porto Alegre para acompanhar o desfecho do caso. "Quero defender o PSG na próxima temporada. Espero que no meu regresso à França, em junho, eu já possa jogar", disse o craque, de 21 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.