International Board reabre debate do uso da tecnologia

A International Board, entidade que controla as regras do futebol, afirmou nesta quarta-feira que irá reabrir as discussões sobre o uso de tecnologia para auxiliar os árbitros durante os jogos. Mas o debate servirá exclusivamente para avaliar artifícios que determinem se a bola ultrapassou a linha do gol em lances duvidosos.

AE-AP, Agência Estado

20 de outubro de 2010 | 17h37

A entidade afirmou que irá testar alguns sistemas protótipos antes do fim de novembro e discutir o resultado em sua próxima reunião, que acontecerá entre os dias 4 e 6 de março de 2011. Dependendo do debate, as regras quanto ao uso de tecnologia poderão ser mudadas.

Uma das preocupações da International Board é a velocidade com que o dispositivo avisará se a bola entrou ou não. "A indicação de se o gol foi marcado precisa ser imediata e automaticamente confirmada em um segundo", afirma o comunicado divulgado pela entidade.

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, decidiu reabrir o debate após um erro ocorrido na partida entre Inglaterra e Alemanha, pelas oitavas de final da Copa do Mundo na África do Sul, quando Lampard chutou uma bola que entrou no gol, mas nem o árbitro nem seus assistentes viram. Por isso, levou o assunto à International Board.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolInternational BoardFifa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.