Internazionale vence e continua na briga pelo título

O técnico brasileiro Leonardo ganhou, neste sábado, um pouco de fôlego em seu cargo na Internazionale. Depois de ser derrotado no clássico contra o rival Milan, por 3 a 0, e ser massacrado em casa pelo Schalke 04 por 5 a 2, na Liga dos Campeões da Europa, a equipe de Milão voltou ao estádio Giuseppe Meazza e conseguiu uma difícil vitória sobre o Chievo Verona por 2 a 0, na abertura da 32.ª rodada do Campeonato Italiano.

AE, Agência Estado

09 de abril de 2011 | 15h33

Com o resultado, a Internazionale volta a sonhar com o título da competição, que seria o sexto de forma consecutiva. Agora com 63 pontos, o time ficou apenas dois atrás do líder Milan, que joga neste domingo contra a Fiorentina, em Florença. E ultrapassou o Napoli, que tem 62 e também entra em campo neste domingo - encara fora de casa o Bologna. Já o Chievo Verona segue na 13.ª colocação, com 36 pontos e ainda preocupado com o rebaixamento.

Em campo, a Internazionale teve muito trabalho. No primeiro tempo, o jogo foi muito amarrado no meio de campo, apesar da maior posse de bola da equipe de Milão, com poucas oportunidades de gol. Na segunda etapa, o Chievo Verona tentou sair mais para o jogo e até assustou um pouco o goleiro brasileiro Julio Cesar.

A salvação para a Internazionale só veio mesmo aos 20 minutos. Após uma bola cruzada da esquerda para a direita da área adversária, Maicon fez um cruzamento rasteiro para a marca do pênalti e encontrou, livre, o argentino Cambiasso, que chutou forte e contou com um desvio da zaga antes da bola entrar no gol do Chievo Verona.

Com a vantagem no placar, a equipe de Milão tratou de manter a bola em seus pés o maior tempo possível. E conseguiu ampliar com um gol de oportunismo de Maicon. Aos 39 minutos, o lateral-direito brasileiro aproveitou uma bola rebatida e assegurou a vitória da Internazionale.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.