Invasão da torcida leva cores alemãs a Mönchengladbach

Com a invasão de vários torcedores de todas as partes do país, a cidade de Mönchengladbach foi colorida com as cores nacionais nesta sexta-feira, como já havia acontecido com Freiburg e Leverkusen, em outros amistosos da Alemanha. Não importa se o torcedor leva apenas um cachecol ou se está totalmente uniformizado da cabeça aos pés. O que importa, como no Brasil, é a animação que marca a chegada do Copa do Mundo, daqui a uma semana.Ainda na estrada, um congestionamento de mais de 12 quilômetros fazia o torcedor entrar no clima de festa do último teste da equipe de Jürgen Klinsmann, no Borussia Park, contra a Colômbia. Placas de cidades distantes de Mönchengladbach, como Munique, mostravam que o alemão comum já está contagiado pelo Mundial e aceita viajar bastante para torcer por seu time."Näo sei se vou poder ver outro jogo da seleção ainda este ano. Então, temos de prestigiar esta jovem seleção de Klinsmann", dizia antes do jogo Günther Wille, comerciante de Colônia que estava acompanhado de seus dois filhos, Matthias e Mark.Para muitos a forma como a torcida se comporta nestes tempos é surpreendente. "Nunca vi tanta bandeira alemã num mesmo lugar, nem tanta gente com as cores do país", revelava Denise Gerther, de Krefeld. "Deve ser por causa da Copa do Mundo."Sem parar de entoar músicas de futebol por um minuto, a torcida alemã está cada vez mais empolgada para o Mundial, apesar de a seleçã de Klinsmann näo ajudar muito. Chamado de "Prova Geral", o teste desta sexta-feira contra a Colômbia mostra mais uma vez como o torcedor pode, com muita empolgação, ajudar sua Mannschaft a conquistar vitórias fundamentais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.