Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Invencibilidade no Allianz Parque não impressiona jogadores do Palmeiras

Atletas mostram atenção ao São Paulo e também pedem respeito após empate sem gols no Morumbi

Dani Arruda, especial para a AE, Estadão Conteúdo

31 de março de 2019 | 11h02

O São Paulo terá que encerrar um jejum diante do Palmeiras para ir à final do Campeonato Paulista. O clube do Morumbi nunca venceu no Allianz Parque. Foram sete jogos e sete derrotas. Apesar do retrospecto favorável, os jogadores alviverdes não se impressionam.

Após um empate sem gols no primeiro confronto da semifinal no Morumbi, o São Paulo se classifica à final com uma vitória no tempo regulamentar, ou nos pênaltis, se ocorrer outro empate por qualquer placar.

"Sobre o São Paulo não ganhar no Allianz, temos que respeitar o time deles. Em campo são onze contra onze. Dois times querendo ganhar e ir para a final. Vamos respeitar eles, como seremos respeitados também", analisa Deyverson.

O meia-atacante Ricardo Goulart também pediu respeito ao adversário. "Nossa equipe está amadurecendo sobre como jogar 180 minutos. São duas equipes de qualidade. E a dificuldade permanece, mesmo em casa", diz o meio-campista.

O técnico Luiz Felipe Scolari ratificou o discurso dos jogadores e diz que a semifinal entre São Paulo e Palmeiras está em aberto. "Não tem favoritismo. Nem em clássico e nem em nenhum jogo. Os campeonatos são bem equilibrados."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.