Investigação policial aponta 21 jogos perigosos na Copa

A menos de 1 mês do início da Copa do Mundo, a questão que mais preocupa as autoridades da Alemanha é a da segurança. A revista alemã Stern revelou nesta quinta-feira estudo do Bundeskriminalamts (BKA), uma espécie de departamento de investigação policial federal, que aponta 21 jogos do Mundial como ?altamente perigosos? ­- principalmente pelo risco de ataques terroristas. Segundo o BKA, os jogos mais perigosos são aqueles de grande valor simbólico. No topo da lista estão a abertura da Copa, entre Alemanha e Costa Rica, dia 9 de junho, em Munique, e a final do Mundial, em 9 de julho, em Berlim. Além destas partidas, todas os que envolverem a seleção dos Estados Unidos, inimigo principal da Al-Qaeda, são considerados especialmente perigosos. Mais abaixo na lista estão os jogos que envolvem nações como Inglaterra, Espanha, Polônia e Austrália, todos países participantes da aliança militar com os EUA na Guerra do Iraque. Segundo estudo do BKA, todas estas partidas podem ser alvos de ataques terroristas. Apesar do alerta, o BKA não divulgou a lista completa de todos os 21 jogos de risco da Copa.

Agencia Estado,

17 Maio 2006 | 16h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.