Invicta, Caldense bate Tombense e pega Atlético-MG pelo título

Em Poços de Caldas, time bate rival 'nanico' por 2 a 0

Estadão Conteúdo

19 de abril de 2015 | 20h57

A Caldense venceu a Tombense por 2 a 0, neste domingo, em Poços de Caldas, e se classificou para a decisão do Campeonato Mineiro - as duas equipes haviam empatado sem gols no primeiro jogo da semifinal. Agora, a equipe de melhor campanha na primeira fase e única invicta na competição enfrentará o Atlético-MG, que derrotou o Cruzeiro por 2 a 1 na outra semifinal.

Para justificar o excelente retrospecto no Estadual deste ano, a Caldense começou a partida pressionando o adversário e abriu o marcador aos 23 minutos do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio, a zaga afastou. Rafael Estevam pegou a sobra e cruzou novamente. Tiago Azulão subiu mais alto e desviou de cabeça para abrir o marcador.

O gol que garantiu a classificação saiu aos 13 minutos da etapa final. Luiz Eduardo tabelou com Nadson, recebeu na área e bateu na saída do goleiro para marcar o segundo. Foi o sétimo gol do atacante, vice-artilheiro do Estadual, com dois tentos a menos que Leandro Damião, do Cruzeiro. A Caldense agora vai em busca do bicampeonato mineiro. Em 2002, o time de Poços de Caldas conquistou a competição de maneira inédita na edição que não contou com os times da capital, que disputavam a extinta Copa Sul-Minas.

Com a classificação, a Caldense terá a vantagem de jogar por dois resultados iguais e fará o segundo jogo como mandante. Resta saber se conseguirá a liberação para fazer a partida em seu estádio, o Ronaldão, em Poços de Caldas. O local já está em obras para ter a capacidade ampliada. O regulamento prevê que a final ocorra em arenas com capacidade para pelo menos 10 mil torcedores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.