Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Juan Carlos Cárdenas/ EFE
Juan Carlos Cárdenas/ EFE

Invicto, Atlético de Madrid bate Valencia e iguala pontuação do líder na Espanha

Equipe de Madrid segue como a única ainda invicta na competição; líder Real Sociedad entra em campo neste domingo e pode voltar a abrir vantagem

Redação, Estadão Conteúdo

28 de novembro de 2020 | 16h14

O Atlético de Madrid não para de subir e, neste sábado, igualou a pontuação da líder Real Sociedad no Campeonato Espanhol, ao ganhar do Valencia por 1 a 0, fora de casa, e ganhar moral para a Liga dos Campeões.

São oito jogos seguidos sem perder do Atlético na temporada, que agora soma os mesmos 23 pontos da Real Sociedad, mas com um jogo a menos. Levando em consideração apenas o Espanhol, os números são ainda mais impressionantes.

A vitória por 1 a 0 foi a sexta seguida e os madrilenhos chegaram a 25 partidas de invencibilidade na competição sob o comando de Diego Simeone. É o único time que não perdeu na atual edição.

O triunfo deste sábado foi muito especial para o treinador argentino, que não conteve a emoção no minuto de silêncio e bateu palmas em homenagem ao ídolo Diego Maradona. Enquanto os presentes mantinham o silêncio, ele não parava de aplaudir ao ver a imagem do amigo no telão. Juan Sol, ídolo do Valencia, também foi homenageado.

Com a bola rolando em Valência, o Atlético parecia em casa. Dominou o confronto, criou muito e, após grande insistência, acabou premiado com gol contra de Toni Lato.

Na terça-feira, o Atlético de Madrid tem a dura missão de tentar acabar com a série invicta do Bayern de Munique para não complicar sua situação na Liga dos Campeões. Na Alemanha foi goleado por 4 a 0. Os espanhóis somam apenas cinco pontos no grupo e um tropeço pode obrigá-lo a jogar por vitória na rodada decisiva, na casa do Red Bull Salzburg.

Os 19 gols marcados em 9 jogos pelo Espanhol servem de combustível para enfrentar os alemães, que devem ter importantes desfalques de Hernandez, Tolisso e Boateng.

Em outro jogo do Espanhol, Elche e Cádiz empataram por 1 a 1.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.