Invicto, técnico da Bolívia sonha com vitória sobre o Brasil em Natal

Argentino Angel Hoyos conquistou quatro pontos em dois jogos nas Eliminatórias

Estadão Conteúdo

02 Outubro 2016 | 20h07

Próxima adversária da seleção brasileira nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, a modesta Bolívia tratou de reconhecer o favoritismo do adversário, mas mantém as esperanças de alcançar uma improvável vitória.

"O Brasil é uma equipe poderosa. Não penso nessa questão de perder dignamente. Não perderei a ilusão de ganhar", declarou neste domingo o técnico argentino Angel Hoyos. "Nossa equipe está bem para a partida", completou.

A Bolívia visitará o Brasil na próxima quinta-feira, às 21h45, na Arena das Dunas, em Natal. O time boliviano ocupa a sétima colocação nas Eliminatórias com sete pontos. Mas, desde que Hoyos assumiu em agosto, está invicto. Derrotou o Peru por 2 a 0, em casa, e empatou sem gols com o Chile, fora.

Já a seleção brasileira vem de dois resultados positivos sobre Equador (3 a 0, fora) e Colômbia (2 a 1, em casa). Foram os dois primeiros jogos de Tite à frente da equipe, que ocupa a vice-liderança na disputa, com 15 pontos.

Dos 30 convocados por Hoyos para os duelos contra o Brasil, quinta-feira, e Equador, na terça-feira, 27 atuam no futebol local. Na segunda-feira, se juntará ao elenco o principal destaque da equipe, o atacante Marcelo Moreno, que atualmente está no Changchum Yatai, da China, mas teve passagem pelo futebol brasileiro no Cruzeiro, Grêmio e Flamengo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.