Ipatinga bate Atlético-MG e deixa lanterna do Brasileirão

Se ganhar fora de casa tem sido um pesadelo para o Ipatinga neste Brasileirão, o time tem correspondido quando joga diante da sua torcida. Foi assim neste sábado, pela 25ª rodada do campeonato, quando venceu o Atlético-MG por 3 a 2, no Ipatingão, e ganhou novo ânimo na briga contra o rebaixamento. Veja também: Brasileirão Série A - Classificação Brasileirão Série A  - Calendário e resultados Dê seu palpite no Bolão Vip do LimãoCom o triunfo, o caçula da Série A alcançou 24 pontos e deixou a lanterna após 14 rodadas consecutivas. Já o Atlético-MG, que não perdia há quatro rodadas, permanece com 30 pontos, na 12ª colocação.O time mandante, que vinha de derrota para o Náutico nos Aflitos, começou a partida disposto a afastar a crise. Explorando a velocidade de Márcio Gabriel pela ala direita, o Ipatinga deu trabalho aos marcadores atleticanos. Com apenas quatro minutos, Calisto cometeu falta violenta no lateral e recebeu o amarelo. Aos 12, foi o atacante Renan Oliveira que pegou Márcio Gabriel e recebeu e mesma punição.Quando conseguiu chegar, o Ipatinga ameaçava com chutes de longa distância. Primeiro, Adeílson exigiu boa intervenção de Édson e, em seguida, foi a vez de Rodriguinho mandar uma bomba para nova defesa do goleiro atleticano. Na primeira boa trama, o Ipatinga abriu o marcador. Aos 36, Leandro Salino tabelou com Ferreira, foi à linha de fundo e cruzou para o atacante, que furou. No entanto, Ferreira aproveitou bobeada da zaga do Atlético e emendou para o fundo das redes. Aos 45, o atacante perdeu chance de marcar seu segundo gol no jogo e lamentou bastante na saída para os vestiários. Após roubar a bola no campo de ataque, Adeílson deixou Ferreira cara a cara com Édson, que saiu nos pés do artilheiro. "Realmente não podemos perder chances como essa. Nossa equipe encontra-se em uma situação complicada no campeonato e não podemos bobear", disse o autor do gol do Ipatinga.Após um primeiro tempo de poucas emoções, as duas equipes fizeram uma segunda etapa eletrizante. Logo aos 20 segundos da etapa complementar, Renan Oliveira entrou cara a cara com Fernando e chutou em cima do goleiro do Ipatinga. Passado o susto, o time da casa se organizou e chegou ao segundo gol. Aos oito, Luciano Mandi fez linda jogada individual e chutou cruzado, sem chances para o goleiro Edson.O Atlético não queria vender barato a derrota e ameaçou uma reação. Aos 15, Lenílson recebeu na área ipatinguense e ajeitou para Renan Oliveira. O atacante, com muita categoria, apenas tocou no canto esquerdo de Fernando, para diminuir a vantagem. Mas o Atlético nem teve tempo de comemorar. Dois minutos depois, Adeílson marcou após receber belo passe de Ferreira.O Atlético não sentiu o golpe e tratou de diminuir na seqüência. Aos 23, depois do cruzamento da direita, Leandro Almeida subiu mais que a zaga e cabeceou para as redes de Fernando, que ainda tocou na bola. Precisando vencer, o Ipatinga se fechou atrás e conseguiu segurar a vitória, muito comemorada pelos jogadores. "Demos o primeiro passo em busca do nosso objetivo. Hoje saímos da lanterna, agora é almejar uma posição mais confortável na tabela", ressaltou Adeílson, artilheiro do Ipatinga na competição, com sete gols.O próximo desafio do Ipatinga, na luta contra o rebaixamento, será dia 21, no Rio de Janeiro, contra o Flamengo. Se vencer, o time pode deixar a zona de rebaixamento, na qual permanece há 15 rodadas. Já o Atlético recebe o líder Grêmio, no mesmo dia.Ipatinga 3 x 2 Atlético-MGIpatinga - Fernando; Henrique, Gian e Léo Oliveira; Márcio Gabriel, Xaves, Leandro Salino (Patrick), Luciano Mandi (Michel) e Rodriguinho; Adeílson e Ferreira (Muller). Técnico: Márcio Bittencourt.Atlético-MG - Édson; Mariano, Marcos, Leandro Almeida e Calisto (César Prates); Rafael Miranda, Márcio Araújo, Serginho e Lenílson (Pedro Paulo); Jael (Castilho) e Renan Oliveira. Técnico: Marcelo OliveiraGols - Ferreira, aos 36 minutos do primeiro tempo; Luciano Mandi, aos oito, Renan Oliveira, aos 15, Adeílson, aos 17, e Leandro Almeida, aos 23 minutos do segundo tempo.Árbitro - Wagner Tardelli Azevedo (Fifa-SC).Cartões amarelos - Léo Oliveira, Leandro Salino e Luciano Mandi.Renda e público - Não divulgados.Estádio - Ipatingão, em Ipatinga (MG).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.