Ipatinga encara jogo decisivo para evitar rebaixamento

Brigando desesperadamente contra o rebaixamento, o Ipatinga terá mais uma decisão neste sábado, às 16 horas, contra o Botafogo, no estádio Ipatingão, pela 31.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para continuar sonhando em se salvar da queda à Serie B, o time mineiro, lanterna com 28 pontos, precisa vencer e secar os vários concorrentes diretos para alavancar sua recuperação. A partida marca o reencontro com a torcida, após dois jogos longe do Vale do Aço.Jogando no Ipatingão, o aproveitamento do time ipatinguense está longe de ser ideal, mas pelo menos é melhor do que o desempenho fora de casa, onde o clube beliscou somente quatro pontos dos 45 disputados (8,8%) - foram 11 derrotas e quatro empates. Em casa, o retrospecto é mais favorável. Foram 15 jogos, sendo sete vitórias, três empates e cinco derrotas. Um aproveitamento de 53,5%.Além do reforço vindo das arquibancadas, o técnico Márcio Bittencourt pretende usar o mistério para confundir o adversário que têm como treinador Ney Franco, um velho conhecido da torcida ipatinguense e que este ano já enfrentou o clube por duas vezes. Nas duas ocasiões, o técnico que levou o Ipatinga ao título mineiro de 2005 venceu: 1 a 0, pelo Atlético Paranaense, e 4 a 0, pelo Botafogo.A necessidade de um resultado positivo forçará Bittencourt a promover mudanças no meio-de-campo e ataque. No empate contra o Figueirense, na última rodada, o time apresentou uma formação bem defensiva com quatro volantes, mas só deslanchou quando o treinador promoveu a entrada dos meias Luciano Mandi e Pablo Escobar, autor do gol de empate aos 48 minutos do segundo tempo e que espera uma chance de começar jogando.A tendência é que o time titular tenha, pelo menos, duas mudanças. Gilsinho deve ganhar a vaga de Júlio. Já o boliviano Pablo deve figurar ao lado de Adeílson, recuperado de um incômodo na virilha esquerda que o tirou da partida contra o Figueirense. Kempes e Ferreira foram os titulares em Florianópolis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.