Ipatinga quer anular jogo com o Social

Baseado na polêmica anulação do clássico entre Goiás e Vila Nova-GO pelo Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Goiana, o Ipatinga impetrou no fim da tarde desta terça-feira, junto ao Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Mineira, o pedido de nulidade do jogo em que foi derrotado pelo Social por 2 a 1, pelo Campeonato Mineiro. Essa partida aconteceu domingo, no Ipatingão, em Ipatinga. O time derrotado, que pleiteia a marcação de um novo jogo, reclama de um gol supostamente legítimo anulado pelo árbitro Douglas Messias Fedócio, o que teria interferido diretamente no resultado do jogo. "Não houve impedimento no lance. Fomos claramente prejudicados pela arbitragem. Assim como fez o Vila Nova-GO, vamos brigar por nossos direitos também. E vamos até o fim", disse o presidente do Ipatinga, Itair Machado. A exemplo do Vila Nova-GO, o Ipatinga se apóia no novo Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que substituiu o extinto Código Brasileiro Disciplinar de Futebol (CBDF), após a resolução 01 do Ministério dos Esportes, datada de 24 de dezembro de 2003. De acordo com o advogado Antônio Sérgio Figueiredo, contratado pelo Ipatinga especialmente para o caso em questão, o pedido do clube é sustentado pelos artigos 65, 84 e 259 do CBJD. O artigo 65 permite o uso de videoteipe para a produção de prova. Já o 84, que possibilita o nosso pedido de impugnação, será combinado com o primeiro parágrafo do artigo 259, que prevê a suspensão do árbitro ou auxiliar que deixar de observar as regras da modalidade - explicou o advogado. A expectativa é de que o pedido seja julgado pelo TJD da Federação Mineira num prazo máximo de duas a três semanas. O caso, porém, já causou polêmica em Minas.O presidente do Social, Tarso Carvalho, disse que seu time vai abandonar o Campeonato Mineiro, no caso de a decisão ser favorável ao Ipatinga. "Meu time vai sair da competição. Nosso campo vai virar um milharal", ironizou o dirigente. Sétimo colocado, com 12 pontos, o Social, de Coronel Fabriciano, é o maior rival do Ipatinga, oitavo colocado, com 11 pontos. De cidades vizinhas, praticamente "emendadas" uma na outra, os times fazem o chamado clássico do Vale do Aço.

Agencia Estado,

09 de março de 2004 | 18h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.