Ipatinga vence Internacional e conquista terceira vitória

Resultado deixa Santos provisóriamente na lanterna do campeoanto e deixar equipe gaúcha mais longe do G-4

RENAM MARTINS, Agencia Estado

26 de julho de 2008 | 20h55

Jogando um futebol ousado, o Ipatinga conseguiu sua primeira vitória sobre os considerados grandes do futebol brasileiro. Em jogo válido pela 15.ª rodada da Série A do Brasileirão, o time mineiro bateu o Internacional, por 1 a 0, neste sábado, no Estádio Ipatingão. As duas vitórias do Ipatinga foram contra Vitória e Portuguesa, equipes que, coincidentemente, subiram da Segunda Divisão.Veja também: Classificação Resultados / CalendárioCom o triunfo, o time mineiro alcançou 13 pontos e deixou a lanterna da competição. Já o Inter teve sua ascensão interrompida. Com 22 pontos, o time colorado está na 8.ª posição. Na próxima rodada, o Ipatinga vai ao Recife para enfrentar o Sport, na Ilha do Retiro. O clube gaúcho recebe o Santos, em Porto Alegre, no mesmo dia.Mesmo em situações distintas na tabela de classificação, Internacional e Ipatinga fizeram uma primeira etapa muito equilibrada, com poucas jogadas que empolgassem o torcedor. Precisando vencer para deixar a lanterna, o time mineiro pressionou os gaúchos desde o início. Logo aos dois minutos, Augusto Recife cruzou para Marinho, que dividiu com Clemer e quase abriu o placar.O Internacional não demorou a responder. Aos seis, Alex cobrou falta rente a trave direita de Fred. Entretanto, com seu camisa 10 bem marcado, o Inter tinha dificuldades de organizar as jogadas ofensivas e só conseguia levar algum perigo quando Nilmar tentava alguma jogada individual. Aos oito, o atacante recebeu livre na grande área e tocou na saída de Fred que conseguiu desviar com o braço direito.Após o susto, o Ipatinga voltou a tocar a bola e apresentar maior volume de jogo. Mais presente no campo de ataque, o time mineiro criou sua melhor chance com o zagueiro Léo Oliveira. Aos 15, Beto cobrou falta na segunda trave. O zagueiro ipatinguense subiu livre, mas acertou o travessão. Aos 42, o técnico Tite foi obrigado a fazer a primeira modificação, Alex, que não vinha bem, sentiu uma fisgada na coxa e foi substituído por Andrezinho.Sem alterações para a segunda etapa, as equipes mantiveram suas propostas de jogo. O Ipatinga tentava chegar com troca de passes, enquanto o Inter saía nos contra-ataques. Em dois deles o colorado quase marcou. No primeiro, aos oito, Taison foi à linha de fundo e encontrou Nilmar. O atacante antecipou à zaga e desviou. Fred, bem colocado, colocou para escanteio. Aos 24, foi Guiñazu que passou para Nilmar, de letra, quase marcar. Em cima da linha, Augusto Recife cortou.Mesmo correndo perigo, o Ipatinga seguia em busca do primeiro gol e levava perigo à meta adversária. De tanto insistir, o time mineiro foi coroado, aos 32 minutos, com belo gol de Beto. Após Luiz Fernando acertar a trave, o lateral pegou de primeira e mandou no canto de Clemer. Atrás no placar, o Internacional foi ao ataque e criou boas oportunidades, mas em todas falhou nas finalizações. Na melhor delas, aos 40, Maycon, na cara do gol, chutou para fora.Ipatinga 1 x 0 InternacionalIpatinga - Fred; Leandro Salino, Thiago Vieira, Léo Oliveira e Beto (Sandro); Augusto Recife, Léo Silva (Luiz Fernando), Xaves e Rodriguinho; Marinho (Henrique) e Adeílson. Técnico: Ricardo Drubscky.Internacional - Clemer; Ângelo, Orozco, Danny Morais e Marcão; Edinho (Maycon), Magrão (Guto), Guiñazu e Taison; Alex (Andrezinho) e Nilmar. Técnico: Tite. Gol - Beto, aos 32 minutos do 2º tempo.Cartões amarelos - Leandro Salino (Ipatinga); Taison (Internacional).Árbitro - Sérgio Silva Carvalho (DF).Renda - R$ 32.310,00.Público - 3.139 pagantes.Estádio - Ipatingão, em Ipatinga (MG).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.