Yuri Kadobnov/AFP
Yuri Kadobnov/AFP

Irã é a primeira seleção a chegar na Rússia para a disputa da Copa

Iranianos, que estão no Grupo B ao lado de Espanha, Portugal e Marrocos, desembarcaram em Moscou nesta terça-feira

Estadão Conteúdo

05 Junho 2018 | 15h58

A nove dias do início da Copa do Mundo, a seleção do Irã é a primeira a chegar na Rússia para a disputa da competição, que começa dia 14. Dirigentes, comissão técnica e jogadores desembarcaram nesta terça-feira em Moscou. Vai treinar no complexo esportivo Lokomotiv, na periferia sudoeste da capital russa.

+ Carlos Queiroz faz corte final e define 23 convocados do Irã para a Copa

O país joga seu quinto Mundial. Está no Grupo B e disputará uma vaga às oitavas de final com Espanha, Portugal e Marrocos. A estreia será contra a equipe africana, dia 15, em Nizhny Novgorod. Na segunda rodada da primeira fase encara os espanhóis, dia 20, em Kazan, e encerra a participação na fase de grupos diante da seleção de Cristiano Ronaldo, no dia 25, em Saransk.

O Irã é tricampeão da Ásia e conquistou a passagem para sua segunda Copa do Mundo consecutiva com facilidade. Terminou as Eliminatórias do continente de forma invicta, após dez jogos disputados.

Porém, no último amistoso antes de chegar ao país-sede do Mundial, dia 28 de maio, perdeu por 2 a 1 para a Turquia. Os iranianos encerram a fase preparatória para a Copa em amistoso contra a Lituânia, sexta-feira, em Moscou.

 

A seleção é comandada pelo técnico português Carlos Queiroz, que também já dirigiu a equipe de seu país. O objetivo na Rússia é se classificar para a segunda fase do torneio pela primeira vez na história. As casas de apostas esportivas pagam 500 euros por cada um investido se o Irã vencer a Copa do Mundo.

Os 23 jogadores do Irã foram definidos nesta segunda-feira, data limite imposta pela Fifa. O técnico Carlos Queiroz cortou o atacante Ali Gholizadeh. O destaque do time fica por conta de Alireza Jahanbakhsh, do AZ Alkmaar, que terminou o último Campeonato Holandês como o maior artilheiro da competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.