Hassan Ammar/AP
Hassan Ammar/AP

Irã goleia e Coreia do Sul vence no sufoco em estreia pela Copa da Ásia

Seleção iraniana fez 5 a 0 no Yemen; sul-coreanos superam Filipinas por 1 a 0

Redação, Estadão Conteúdo

07 Janeiro 2019 | 17h17

Favoritas ao título, as seleções do Irã e da Coreia do Sul estrearam com vitória na Copa da Ásia, disputada nos Emirados Árabes Unidos, nesta segunda-feira. Três vezes campeões, os iranianos não tiveram trabalho para golear o Yemen por 5 a 0. Já os sul-coreanos, vencedores em duas oportunidades, sofreram para derrotar as Filipinas, time comandado pelo técnico sueco Sven-Goran Erikson, por 1 a 0.

Pelo Grupo D, em Abu Dabi, o Irã mostrou enorme superioridade para golear o Yemen. Só no primeiro tempo foram três gols - Taremi, aos 12 e aos 25, e Dejagah, aos 23 minutos. Com Azmoun, aos oito, e Ghoddos, aos 33, os iranianos fecharam a goleada no duelo entre a melhor e a pior seleção asiática de acordo com o ranking da Fifa - o Irã ocupa a 29.ª posição, enquanto que o rival é apenas o 135.º colocado.

Nesta terça-feira, a primeira rodada da chave será encerrada com as estreias de Iraque e Vietnã. Neste mesmo dia acontecerá o primeiro duelo pelo Grupo E, que será entre as seleções da Arábia Saudita e da Coreia do Norte.

Pelo Grupo C, a Coreia do Sul - que não conta com o atacante Heung-Min Son, seu maior astro, que não foi liberado pelo Tottenhan - teve muito trabalho para estrear com vitória sobre as Filipinas. Ela veio com o gol solitário de Hwang Ui-jo, aos 22 minutos do segundo tempo, no jogo disputado no estádio Al Maktoum, em Dubai.

No outro jogo da chave, a China mostrou superação para derrotar de virada o Quirguistão por 2 a 1, no estádio Sheikh Khalifa International, em Al Ain, e deu uma sobrevida ao técnico italiano Marcelo Lippi no cargo. A ex-república soviética abriu o placar com Israilov, aos 42 minutos do primeiro tempo, mas Matiash (contra), aos cinco, e Yu Dabao, aos 33, salvaram os chineses na segunda etapa.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.