Iraque mantém campeonato de futebol

A ofensiva militar da coalizão anglo-americana contra o Iraque não foi suficiente até o momento para interromper o campeonato iraquiano de futebol. Por determinação de Oudai Saddam Husseim, presidente da Federação Iraquiana de Futebol e filho do presidente Saddam Husseim, o campeonato nacional não foi suspenso com a deflagração da guerra. Apesar do conflito, uma partida do campeonato foi realizada nesta sexta-feira na cidade de Samara, localizada a aproximadamente 100 quilômetros ao norte de Bagdá, e que também vem sofrendo com os bombardeios. A partida - entre a equipe do Tikrit al-Samara e o Al-Zawara - foi disputada no estádio Baghdad al-Shaab, diante de 5 mil torcedores. Muitos deles, empunhavam faixas e cartazes contra os ataques de forças americanas e inglesas. Num sinal de apoio irrestrito ao regime, uma gigantesca fotografia de Saddam foi colocada no último lance da arquibancada do estádio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.