Clodagh Kilcoyne/Reuters
Clodagh Kilcoyne/Reuters

Irlanda é investigada pela Uefa por 'chuva' de bolas de tênis em partida

Fato curioso aconteceu após gol de Conor Hourihane na vitória sobre a Geórgia pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2020

Redação, Estadão Conteúdo

28 de março de 2019 | 10h14

O Comitê de Controle, Ética e Disciplina da Uefa anunciou nesta quinta-feira que abriu um processo disciplinar contra a Federação Irlandesa de Futebol por conta de um episódio inusitado durante a partida da Irlanda contra a Geórgia, na última terça, no Aviva Stadium, em Dublin, pela segunda rodada do Grupo D das Eliminatórias da Eurocopa de 2020.

Instantes antes do gol da vitória da Irlanda por 1 a 0, marcado pelo meia Conor Hourihane, aos 36 minutos do primeiro tempo, um grupo de torcedores irlandeses provocou uma autêntica "chuva" de bolas de tênis no gramado em protesto contra a continuidade de John Delaney como diretor executivo da entidade que comanda o futebol no país.

Como consequência, a Federação Irlandesa de Futebol está agora sob investigação pela Uefa, tendo sido acusada de "arremesso de objetos" - infração pela qual terá, agora, de responder. A decisão final quanto a alguma punição - perda de mando ou multa - será formalmente anunciada no próximo dia 16 de maio, data em está agendada a próxima reunião do Comitê de Controle, Ética e Disciplina da entidade.

A vitória sobre a Geórgia levou a Irlanda à liderança de sua chave com 100% de aproveitamento após duas rodadas - na estreia, fora de casa, bateu Gibraltar também por 1 a 0. A Suíça é a segunda colocada com quatro pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.