Moeller Denmark/ EFE
Moeller Denmark/ EFE

Irlanda segura empate com a Dinamarca antes de decidir vaga na Copa em sua casa

Partida de volta será disputada na próxima terça-feira, em Dublin

Estadao Conteudo

11 Novembro 2017 | 19h50

Apesar de um duelo sem qualquer brilho e com poucas chances criadas pelas duas seleções, a Irlanda deu neste sábado um importante passo para se garantir na Copa do Mundo da Rússia, em 2018. Mesmo jogando em Copenhague, segurou o empate por 0 a 0 com a Dinamarca, em jogo válido pela repescagem europeia do Mundial.

+ Sem Casemiro, Brasil faz 1º treino em Londres para amistoso contra Inglaterra

+ Messi é dispensado após vitória da Argentina e retorna para o Barcelona

A partida da volta será disputada na próxima terça-feira, às 17h45 (horário de Brasília), em Dublin. E, para se garantir em sua quarta Copa do Mundo, a Irlanda precisa de uma vitória simples em casa. Já a Dinamarca, em busca de sua quinta participação, vai precisar surpreender o adversário.

As duas seleções entraram em campo neste sábado com posturas bem distintas: enquanto a Dinamarca aproveitava o apoio de sua torcida para pressionar, a Irlanda recuava e tentava segurar o empate para o jogo da volta.

E, embora sem grande qualidade, chegando mais no "abafa" do que na troca de passes, a Dinamarca teve duas chances claras para abrir o placar na etapa inicial. A primeira delas foi logo aos dez minutos, quando o goleiro Randolph brilhou ao defender finalizações seguidas de Stryger Larsen e Cornelius.

Se salvou a Irlanda aos dez, Randolph quase entregou aos 30. Após finalização de longe de Eriksen, sem muita força, o goleiro espalmou para o meio da área. A bola, então, sobrou livre para Sisto chutar rasteiro - e para fora.

No segundo tempo, diante da falta de inspiração ainda maior da Dinamarca, a tática irlandesa começou a surtir efeito. A retranca funcionava com perfeição e o adversário tinha dificuldades até para finalizar.

Tranquila no jogo, sem sofrer pressão, a Irlanda até ameaçou alguns ataques. E teve sua principal chance aos 21: após falta levantada na área, a zaga não afastou e a bola sobrou para Clark. Mas, desatento, o zagueiro furou.

Ainda assim, a Irlanda soube controlar o adversário até o fim e deixou Copenhague com um bom resultado. Para se garantir ao Mundial da Rússia, afinal, precisa agora de um triunfo simples em Dublin.

A partida deste sábado encerrou os duelos de ida da repescagem europeia para a Copa do Mundo de 2018. Nos demais jogos, a Croácia goleou a Grécia por 4 a 1, a Suíça derrotou a Irlanda do Norte por 1 a 0, fora de casa, e a Suécia ganhou da Itália por 1 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.