Reprodução
Reprodução

Irmão de Messi critica argentinos que agora pedem seu retorno

Parente do jogador ataca opiniões da torcida e de parte da imprensa

O Estado de S. Paulo

19 Novembro 2015 | 16h24

Lionel Messi, principal astro do Barcelona e da Argentina, sofreu críticas de torcedores e jornalistas pela ausência nas recentes atuações da seleção nacional. O atacante não esteve presente na vitória da Albiceleste diante da Colômbia por 1 a 0 na terça-feira, pelas Eliminatórias da Copa, e foi desfalque também no empate em 1 a 1 contra o Brasil, jogos válidos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo 2018.

Matías Messi, irmão do jogador, usou o Twitter, rede social de postagens com até 140 caracteres, para desabafar contra os críticos do camisa 10 do Barcelona. "Hoje escutei muita bobagem e li muito mais. Que Leo se prepara para (o jogo contra o Real) Madrid e não veio jogar (pela Argentina), depois de dois meses sem jogar e sem sabermos se irá para a partida! Esses não entendem nada", disparou. 

Messi está se recuperando de uma lesão no joelho esquerdo que o afasta dos gramados desde setembro. O craque argentino voltou aos treinos na segunda-feira e tenta se recuperar a tempo para disputar o clássico contra o Real Madrid, pelo Campeonato Espanhol, que será neste sábado no Santiago Bernabeu.

Matías não parou por aí e criticou ainda a imprensa argentina. "Imprensa marrom sempre existiu e falar é grátis neste país. Digo isto para os 'vira-casacas', que depois de destruir Messi agora o pedem na seleção. Está maluca essa gente?", indagou. O irmão do craque ainda exaltou a vitória contra os colombianos e afirmou que a seleção "não é somente Messi".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.