Reuters
Reuters

Irmão de Romero é oferecido ao Corinthians, mas acordo é difícil

Jogador está bem na China e recebe salário muito alto para os padrões do clube brasileiro

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

06 Agosto 2018 | 19h32

O meia Óscar Romero, irmão gêmeo de Ángel Romero, foi oferecido ao Corinthians, mas as chances do negócio evoluir são  bem pequenas. O jogador é titular do Shanghai Shenhua, que não estaria disposto a liberá-lo facilmente e ele também recebe um salário muito elevado.

+ Roger volta, mas Corinthians não deve ter centroavante contra o Colo-Colo

+ Matheus Matias passa de artilheiro do Brasil a última opção no ataque do Corinthians

+ Corinthians perde Pedro Henrique e deve contar com Léo Santos contra a Chape

O Corinthians demonstrou interesse no jogador desde que ele conseguisse ser liberado pelos chineses de forma gratuita, algo pouco provável. Além do fato dele ser um dos alicerces do Shanghai, o que dificulta ainda mais o acerto é o seu salário. 

Óscar recebe US$ 500 mil (R$ 1,9 milhão) mensais e estaria disposto a reduzir o salário, mas o Corinthians deixa claro que não fará loucuras financeiras e que nem se o jogador reduzisse pela metade o que ganha, o clube conseguiria pagá-lo. 

A diretoria do Corinthians diz que não pretende mais contratar jogadores, exceto se aparecer algum negócio excepcional. O chileno Angelo Araos foi o último a chegar e veio com a missão de tentar substituir Rodriguinho, negociado com o Pyramids-EGI. 

 

 

Mais conteúdo sobre:
Corinthians Oscar Romero Angel Romero

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.