Irônico, Bautista critica Lugano e a defesa do São Paulo

Com ironia, o atacante Bautista, do Chivas, fez questão de esquentar o clima para o jogo decisivo desta quarta-feira, no Morumbi, contra o São Paulo, pelas semifinais da Libertadores. Bautista analisou sem dó o estilo do são-paulino Lugano.?Quando o zagueiro é limitado, costuma bater para intimidar os adversários?, disse o jogador, que usa uma chuteira vermelha e outra branca nas partidas e treinos. Bautista também não economizou críticas ao restante da zaga do atual campeão mundial. ?É lenta e durona?, afirmou o jogador, que pretende fazer um gol. ?Mas o mais importante é a classificação do Chivas para a final.?Mais simpático e controlado, o goleiro Oswaldo Sánchez elogiou o modo como o rival Rogério Ceni bate na bola e previu um grande jogo. ?Será um duelo maravilhoso de duas equipes ofensivas?, comentou o titular da seleção mexicana na Copa do Mundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.