Irritado, Léo ameaça abandonar o Santos

O lateral-esquerdo Léo já marcou adata de sua despedida do Santos: dia 13 de dezembro, após o jogocom o Vasco, no Estádio de São Januário, no Rio. O seucontrato termina no dia 31 do próximo mês, mas após o jogo doRio, ele entra em férias, com os demais jogadores. "Se quiseremfalar comigo, terão que ir me procurar na minha casa, lá emCampos (Rio de Janeiro). Desta vez, não vou me estressar, porquejá tenho para onde ir", contou o jogador nesta quarta-feira àtarde, no Centro de Treinamentos Rei Pelé. "Meu empresário (Ico Martins) viaja sábado para aEspanha e devo ter novidades nos próximos dias." Nem mesmo osapelos de Leão para que permaneça no clube para disputar a CopaLibertadores da próximo ano vão fazer com que Léo mude a suadecisão. "Cansei das desculpas da diretoria, alegando que nãopode pagar o que mereço em razão das problemas financeiros que oclube enfrenta. Se gastaram erradamente e fizeram dívidas, nãoposso viver me sacrificando. Quero a minha independênciafinanceira. Aceito até renovar pelo mesmo salário que estouganhando (R$ 50 mil por mês), desde que me dêem uma boaimportância como luvas, o que não acredito que vai acontecer. Sónão quero continuar pagando dívidas dos outros." O teto salarial do Santos é de R$ 80 mil, patamaratingido por Diego e Robinho neste ano. A faixa de Léo é aquinta. "E lembrar que Edmundo ganhava R$ 600 mil, Rincón R$500 mil. Aqueles que recebiam muito não deram nada em troca,enquanto nós demos o título brasileiro, o vice da Libertadores,pelo menos o vice do atual Campeonato Brasileiro e aclassificação para a próxima Libertadores. Sem contar queestamos ajudando a pagar as dívidas do clube. O que me deixamais irritado é que quando lembro isso, o presidente (MarceloTeixeira) diz que sou ´bocudo´. Agora, o ´bocudo´ vai ficarquieto e se não me derem o que mereço, vou embora mesmo." Prevendo a saída de alguns importantes titulares, Leão,autorizado pela diretoria, vem tratando pessoalmente dacontratação de reforços. Os comentários no clube são de quealguns jogadores do Goiás, entre eles Grafite, e Anderson Lima(Grêmio-RS) já estariam acertados. Outro nome especulado é o docentroavante Cristhian. Porém, as negociações só poderão serconcluídas e confirmadas após as eleições do dia 6 de dezembro ese a chapa da situação, liderada pelo atual presidente do clube,Marcelo Teixeira, vencer. Ao mesmo tempo, vários jogadores serão dispensados. Oprimeiro foi o centroavante Val Baiano, que veio do Irati-PRpara substituir Ricardo Oliveira, mas não fez gol nas dezoportunidades que teve. O seu contrato terminaria no dia 31 dedezembro, mas foi rescindido nesta quarta-feira. Só no coletivo desta quinta-feira pela manhã, no CT ReiPelé, Leão vai escalar o time para enfrentar o Goiás, domingo,às 16h, no estádio Serra Dourada. Embora Fábio Costa tenha serecuperado, Leão não deve escalá-lo. O principal motivo é queJúlio Sérgio vem jogando bem e outro, de acordo com o que disseLeão, é que Fábio está acima do peso. André Luís cumpriu a suspensão pelo terceiro cartãoamarelo e voltará a formar a dupla de zagueiros com Alex. Nomeio-campo, Daniel deve ser o escolhido para substituir PauloAlmeida (suspenso pelo terceiro amarelo). A dúvida do técnicoestá entre Júlio César, William e Douglas para entrar no lugarde Robinho, também suspenso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.