Irritado, Picerni cobra empenho do time

O técnico Jair Picerni não escondeu sua irritação com a derrota do Palmeiras para o Marília, sábado, por 2 a 1, vem jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Paulista. Não tanto pelo resultado em si, mas com a postura do time durante a partida. "O Jair fez uma reunião antes do treino cobrando que o time não mostrou a mesma dedicação do ano passado", revelou o goleiro Marcos, que vai voltar ao time na partida de quarta-feira contra o Ituano. "Ainda não estou com o melhor ritmo de jogo, mas estou bem melhor do que para o jogo de Presidente Prudente, quando tinha feito apenas dois treinos e não me via em condições de jogar", disse o goleiro.Picerni acabou desabafando ao comparar o desempenho do seu time ao da seleção brasileira na partida contra o Paraguai, no domingo. "Não fizemos nada de nada e não deu em nada", disse o treinador. "Essa derrota ficou aqui", disse o técnico, fazendo sinal de que ficou engasgada no pescoço. Mas nem tudo foi má notícia, uma vez que o volante Alceu, o meia Pedrinho e o volante Magrão participaram dos treinos normalmente.Japão - A notícia não está confirmada oficialmente pela diretoria do Palmeiras, mas são fortes os rumores de que o atacante Edmilson poderá ser transferido para o Japão por empréstimo. O fato do jogador não ter participado do coletivo desta segunda-feira - a informação oficial foi de que o jogador não treinou por estar passando por trabalho de reforço muscular - aumentou as suspeitas.Intercâmbio - A comissão técnica do Palmeiras recebe esta semana a visita do preparador de goleiros da seleção portuguesa, Fernando Brassard. O profissional irá acompanhar os treinos na Academia desta semana e o clássico entre Palmeiras e Santos.

Agencia Estado,

26 de janeiro de 2004 | 19h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.