Irritado, técnico critica a Dinamarca mesmo após vitória

A Dinamarca se recuperou da derrota na estreia para a Holanda com uma vitória de virada sobre Camarões, conquistada neste sábado, em Pretória. Mas nem o triunfo suado, por 2 a 1 e passando sufoco no fim, foi suficiente para agradar o técnico Morten Olsen. Irritado, o comandante dinamarquês criticou bastante o seu time após o jogo.

AE, Agência Estado

19 de junho de 2010 | 19h07

"Deixei o campo muito irritado porque cometemos erros elementares. Temos muito que evoluir", disse Olsen. O técnico dinamarquês viu a sua equipe sair em desvantagem logo no início do jogo, quando Eto''o se aproveitou de um erro na saída de bola da defesa para colocar Camarões na frente.

"Não começamos muito bem o jogo e cometemos um erro que Camarões aproveitou bem", lembrou o treinador, que ainda viu o seu time errar de novo na saída de bola no primeiro tempo. Desta vez, porém, o chute de Eto''o carimbou a trave. "Camarões podia ter nos castigado por isso", comentou Olsen.

Apesar das críticas, o técnico também fez elogios ao seu time. Afinal, a Dinamarca impressionou com um contra-ataque rápido e eficiente, conquistando a vitória dessa forma. Rommedahl foi o grande destaque, fazendo a assistência para o primeiro gol, de Bendtner, a anotando o segundo dos dinamarqueses.

"Demonstramos que temos vontade e boa mentalidade, mas há erros que não podem se repetir no torneio", pediu Olsen. "Lutamos bem, mas era difícil recuperar a bola, um aspecto que temos que melhorar para o futuro", concluiu. Na próxima quinta-feira, a Dinamarca encara o Japão, em Rustenburgo, precisando da vitória para avançar.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2010futebolDinamarcaMorten Olsen

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.