Rodrigo Jimenez/EFE
Rodrigo Jimenez/EFE

Isco e Alaba testam positivo e Real Madrid sobe a nove casos de covid-19 no grupo

Eles se juntam a Marcelo, Rodrygo, Gareth Bale, Luka Modric, Marco Asensio e Lunin, que estão em período de isolamento, assim como o auxiliar técnico Davide Ancelotti

Redação, Estadão Conteúdo

21 de dezembro de 2021 | 17h56

O surto de covid-19 que assombra o Real Madrid nos últimos dias fez mais duas vítimas nesta terça-feira. O lateral-direito austríaco David Alaba e o meia espanhol Isco testaram positivo e o clube chega a nove casos no elenco, sendo oito jogadores.

"O Real Madrid comunica que nossos jogadores Isco e Alaba testaram positivo para a covid-19", informou o clube merengue. Eles se juntam a Marcelo, Rodrygo, Gareth Bale, Luka Modric, Marco Asensio e Lunin, que estão em período de isolamento, assim como o auxiliar técnico Davide Ancelotti.

Depois de 10 vitórias seguidas, o Real Madrid sentiu falta de seus jogadores e acabou apenas empatando em casa com o modesto Cádiz no fim de semana. Nesta quarta-feira o clube faz o último jogo do ano, em visita ao Athletic de Bilbao, no São Mames, e além dos oito atletas diagnosticados com a covid-19, Carlo Ancelotti ainda não contará com Carvajal, machucado, Ceballos, com sobrecarga muscular, e Casemiro, suspenso.

O treinador relacionou somente 21 atletas para a despedida de 2021 e admitiu que pode modificar o jeito de o time jogar por causa das tantas baixas. "É verdade que estamos sem vários jogadores e talvez tenhamos de cogitar uma mudança no sistema, não sei, estou pensando", admitiu o treinador, que quer fechar o ano com vantagem na liderança.

A pausa para as festas de fim de ano acabou benéfica ao Real Madrid, que terá tempo para recuperar seus atletas e poderá ter força máxima no retorno, dia 2 de janeiro, na casa do Getafe, pelo Campeonato Espanhol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.