Itália acabam com hegemonia Brasil ou Alemanha em finais

A eliminação da Alemanha nesta terça-feira para a Itália com a derrota por 2 a 0, pela semifinal, acabou com uma seqüência histórica das Copas do Mundo: desde 1982, ou Brasil ou os alemães estavam garantidos em uma decisão. Foi assim nos torneios de 1982, 1986 e 1990 (com a Alemanha), 1994, 1998 e 2002 (com os brasileiros). A última final sem a presença de um dos dois times havia sido em 1978, entre Argentina e Holanda, ou seja, há 28 anos. O fato do time da casa não estar na final da Copa do Mundo, assim como os brasileiros, não tira de ambos até o momento a força histórica de suas seleções. Ampliando o tempo de análise, os dois times estiveram em decisões nos Mundiais de 1970 e 1974 (quando Brasil e Alemanha foram, respectivamente, campeões). A hegemonia nas conquistas, porém, segue intocável para os brasileiros (cinco títulos). Já a Alemanha, agora, pode ser ultrapassada pela Itália (ambos são tricampeões). História com períodos espaçados Para os italianos, a classificação para a final do Mundial deste ano significa o retorno ao topo do torneio após 12 anos. A última decisão da competição havia sido em 1994, quando foram derrotados para o Brasil. Aliás, esta é a sexta decisão que o time chega e nas cinco anteriores, ganhou três e perdeu duas (ambas para os brasileiros). A seleção italiana só foi campeã quando o torneio foi disputado na Europa: em 1934 (na Itália), em 1938 (na França) e em 1982 (na Espanha). Do atual time, não há nenhum jogador entre os vice-campeões de 1994.

Agencia Estado,

04 Julho 2006 | 20h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.