Massimo Pinca/Reuters
Massimo Pinca/Reuters

Itália admite disputa de playoffs pelo título em caso de nova paralisação

Dirigentes criam plano alternativo caso a liga local tenha de ser novamente paralisada por causa da pandemia

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de junho de 2020 | 13h46

O futebol na Itália será retomado nesta semana com a realização das semifinais e a decisão da Copa da Itália. O Campeonato Italiano, paralisado desde meados de março por conta da pandemia do novo coronavírus, está previsto para ser reiniciado no próximo dia 20, mas os dirigentes já se preparam para uma nova suspensão e criaram um plano B. Caso a liga tenha que parar antes do dia 10 de julho, o formato de mata-mata deve ser adotado para que o campeão seja determinado.

A preocupação da Federação Italiana de Futebol (FIGC, na sigla em italiano), após reunião virtual nesta segunda-feira, se deve ao protocolo estipulado para possíveis casos de jogadores e membros de comissões técnicas diagnosticados com o novo coronavírus.

A regra do governo da Itália, um dos países mais afetados pela doença da covid-19, é que todo o elenco fique em quarentena de 14 dias caso algum membro da equipe seja diagnosticado como positivo. Dessa forma, o Campeonato Italiano pode ser paralisado novamente mesmo com poucos casos confirmados.

Se isso realmente ocorrer, a ideia da FIGC para a briga pelo título seria a realização de partidas eliminatórias, em um formato de mata-mata. Gabriele Gravina, presidente da federação, já havia comentado sobre o temor de que os clubes tenham que suspender os trabalhos por conta de jogadores diagnosticados com a doença e disse que essa regra poderia ser reconsiderada caso o número de casos diminua na Itália.

A reunião da FIGC aprovou também uma resolução que permite o uso de um algoritmo para definir rebaixados e classificados para competições europeias da próxima temporada. Com oposição da Lega Serie A, que gerencia a elite do futebol italiano, a proposta recebeu 18 votos favoráveis contra três contrários.

O uso do cálculo, no entanto, será realizado apenas se não for possível continuar a disputa "normal" dos torneios ou se não houver datas disponíveis para disputa de mata-mata entre as equipes envolvidas. No entanto, o formato da disputa eliminatória não foi finalizado, devendo ser anunciado até o próximo dia 20.

No entanto, os dirigentes acreditam que será possível seguir adiante com o plano A, que é a realização normal das partidas restantes - sendo 124 jogos só considerando o Campeonato Italiano - até o dia 2 de agosto. Uma nova análise da tabela será anunciada no dia 10 de julho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.