Tony Uzunov/ AP
Tony Uzunov/ AP

Itália, Alemanha e Suécia mostram força fora e lideram chaves das Eliminatórias

Hungria, Suíça e Polônia também vencem seus duelos; Ucrânia e Finlândia ficam no empate

Redação, Estadão Conteúdo

28 de março de 2021 | 18h32

Depois de brilharem na estreia jogando sob seus domínios, Itália, Alemanha e Suécia comprovaram a força nas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2022, que será no Catar, neste domingo, mantendo os 100% de aproveitamento. Todas atuaram como visitante e mostraram segurança para obter a segunda vitória seguida e se firmarem na liderança de seus respectivos grupos.

Das três, apenas a Alemanha figura em grupo com seis representantes. O que, em tese, sugere mais trabalho. A chave J tem os alemães ao lado da Armênia, no topo, ambos com seis pontos e vantagem dos alemães no desempate.

A Alemanha, porém, tem motivos para festejar. O triunfo deste domingo, na Arena Nationala, em Bucareste, foi diante da Romênia, a grande concorrente à vaga. Gnabry garantiu o 1 a 0 com gol no começo do confronto. Na outra partida do grupo, a Macedônia do Norte goleou Liechtenstein por 5 a 0.

A seleção italiana sabe que terá trabalho em uma chave com a empolgada Suíça e qualquer vacilo pode ser fatal. Em Vasil Levski, fez 2 a 0 na Bulgária, com gols de Bellotti, de pênalti, e Locatelli e superam os suíços no saldo de gols (4 a 3). Ambos somam seis pontos, mas a Itália foi beneficiada pelo triunfo magro dos rivais sobre a Lituânia por 1 a 0.

Pelo Grupo B, que tem a Espanha em segundo com 4 pontos, a Suécia manteve a ponta ao fazer 3 a 0 no Kosovo. Mas pode ser superada na próxima rodada, já que folga enquanto os espanhóis hospedam o selecionado kosovar.

Nos demais jogos, pelo Grupo D, Ucrânia e Finlândia empataram em 1 a 1, mesmo placar de Israel e Escócia pela chave F, que também teve vitória da Áustria sobre Ilhas Faroe por 3 a 1. Fechando o dia, no Grupo I, a Polônia fez 3 a 0 sobre Andorra, assim como a Hungria que aplicou os mesmos 3 a 0 em San Marino.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.